Quinta-feira, 19 de ABRIL de 2018

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

limpeza urbana

"Cidade Limpa" quer acabar com depósitos irregulares de lixo

por Vinicius Ferrari | Publicada em 05/01/2018 às 15h44| Atualizada em 11/01/2018 às 15h15

A rua Pedro Américo faz a ligação entre os bairros Lisboa e a RS 040, por trás do Maxxi Atacado e o Posto do Seminário. A ruela de chão batido é utilizada principalmente pelos moradores do bairro Lisboa que se deslocam para Porto Alegre e que não querem fazer o retorno da parada 52.

Com os fundos do mercado e do posto de gasolina de um lado e um enorme terreno vazio do outro, onde o mato cresce desenfreado, a Pedro Américo infelizmente não é conhecida por dar nome a um renomado artista brasileiro, mas sim por ser uma das mais tradicionais ruas de descarte da cidade.  Sofás, carcaças de carros, sacos e mais sacos de lixo, roupa velha, eletrodomésticos, restos de oferendas e animais domésticos são facilmente encontrados na rua, a qualquer hora do dia e demonstram a falta de educação e de higiene daqueles que ali descartam seus resíduos.

Vizinha da rua, o Novo Lar, instituição católica pertencente a congregação Salesiana, oferece cursos e oficinas a jovens de baixa renda do município. Na última semana, inconformados com a sujeira da rua, a página no Facebook da escola postou algumas fotos com um desabafo que tem percorrido a timeline dos viamonenses.

 

 

 

Nos comentários moradores e ex-alunos apoiaram a publicação da escola e falaram sobre o inconveniente de conviver com a sujeira e o mau cheiro. Mas o que dá para fazer nestas situações? O que pode ser feito para coibir e evitar que terrenos baldios e ruas inteiras virem depósitos de lixo a céu aberto?

 

 

 

Quem não limpar terrenos poderá ficar com nome sujo na praça

 

Recentemente a prefeitura de Viamão lançou o projeto Cidade Limpa que pretende tirar dúvidas sobre os serviços de coleta oferecidos pelo poder público, demonstrar os malefícios do descarte irregular, os benefícios da reciclagem e oferecer punições para aqueles que não cumprem as legislações.

Desde 2015 Viamão já conta com legislação específica que determina o grau de responsabilidade de cada cidadão pelo destino correto do lixo gerado. Está na Lei que todos nós devemos separar o lixo reciclável dos orgânicos, encaminhar para qualquer um dos 200 postos de entrega voluntária, localizados em prédios adminstrativos da PMV, escolas e unidades de saúde ou para a unidade de triagem da Estalagem (R. José Garibaldi, 1304). A Lei diz também que é proibido varrer resíduos e rejeitos para os bueiros, queimar lixo ou manter terreno baldio sem cercamento ou sujo.

Quem flagrar alguém colocando fogo no lixo ou depositando rejeitos de qualquer natureza em vias públicas, como no caso da rua Pedro Américo, deve fotografar ou filmar o infrator e a placa do veículo que cometeu a infração e encaminhar ao 156 Fala Cidadão, da PMV ou baixar o aplicativo Cidade MOB. A Secretaria Municipal do Meio Ambiente notifica o proprietário do veículo e gera uma multa.

Já no caso de terrenos baldios ou propriedades particulares servindo de depósito de lixo o cidadão deve fazer a denúncia através do aplicativo ou do 156 e SMMA notifica o proprietário, dando um prazo para que a limpeza e o cercamento seja realizado. Caso não seja encontrado, a Prefeitura realiza o serviço e a despesa é anexada ao IPTU do proprietário. Uma novidade é que PMV está acionando nos órgãos de proteção ao crédito as dívidas não pagas.

Ou seja, quem não pagar pela sujeira do terreno ficará com o nome sujo na praça.

 

 

Administrativo/comercial
51 3046-6114 - Ramal: 200
Redação
51 3046-6114 - Ramal: 202

redacao@diariodeviamao.com.br

Vinicius Ferrari - repórter
Guilherme Klamt - repórter/imagens
Silvestre Silva Santos - editor/economia
Maiara Tierling - administrativo/comercial
Rosângela Ilha - diretora
Roberto Gomes - diretor
Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS