Decreto fecha comércio em Viamão – a partir de agora, somente serviços essenciais podem operar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram

A partir desta sexta-feira (20), o comércio de Viamão deve fechar suas portas por 15 dias. O prefeito assinou nesta manhã um decreto determinando a medida, voltada ao enfrentamento da pandemia de coronavírus.

Apenas serviços considerados essenciais podem continuar operando. A publicação cita farmácias, clínicas de atendimento na área da saúde, padarias, mercados, supermercados, agências bancárias, postos de combustíveis, restaurantes e espaços de alimentação poderão seguir abertos.

Nos locais com atividades permitidas, as normas de higienização foram ampliadas, como a oferta permanente de álcool gel e a desinfecção de pisos, paredes e superfícies de toque, além dos banheiros. Para os comércios ligados à alimentação, está estabelecida a separação de mesas e o uso de máscaras protetoras para funcionários de buffets.

Atividades culturais, religiosas, sociais e eventos coletivos em espaços fechados estão proibidos, independente da natureza ou público previsto. Para atividades externas, são vetadas ações com a participação de mais de 20 pessoas. Feiras de alimentação seguem permitidas, devendo os realizadores adotarem medidas para impedir a aglomeração.

A realização de velórios deve respeitar o limite de 30% da capacidade das capelas.

A medida preocupa entidades comerciais, como ACIVI e CDL Viamão, mas no momento, é um remédio amargo, porém necessário para a saúde do comércio de Viamão.

A quem descumprir as normas, estão previstas multas e interdições, conforme avaliação municipal. A secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo pede que a população denuncie o descumprimento do decreto e colocou o telefone (51) 98059-1766 (24 horas) à disposição da população.

Leia o decreto na íntegra aqui.

 

 

Prefeitura fechada por dez dias

 

Na quinta-feira (19), administração municipal anunciou o fechamento da sede da prefeitura por dez dias. Serviços de Assistência social, CRAS, CREAS e Centro POP também estão suspensos.

A Câmara de Vereadores deve adotar medida semelhante a partir desta sexta-feira.

 

Gabinete de Crise

 

Para fazer frente a pandemia do covid-19, o município instituiu um gabinete de crise, composto pelas secretarias de Administração, Saúde, Obras, Fazenda e gabinete do prefeito.

Leia o decreto na íntegra aqui.

 

Um comitê de Operações de Emergência em Saúde. Este grupo multidisciplinar é composto de dez pessoas da área e coordenará ações coletivas de apoio à população.

Os nomes dos integrantes e órgãos de origem podem ser conferidos aqui.

 

LEIA TAMBÉM

 

O corona desacelera Viamão

Aulas suspensas e atenção máxima: o corona começa a parar a região

O rato, o lixo acumulado e o corona: o caos na saúde de Viamão

Coluna da Ana D´Avila: o apocalipse do corona

leia outras notícas sobre o coronavírus no Diário de Viamão

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Share on facebook
Facebook
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on pinterest
Pinterest

Conteúdo relacionado

Ana D’Avila | A indecisa

Ela tinha pouca opinião, muitas indagações e uma única e perturbadora incapacidade de decidir. Tudo para Luzia era dúbio. E por ser assim, tudo ficava confuso e difícil. Diz o

Leia mais »

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook