Quinta-feira, 06 de AGOSTO de 2020

Publicidade

Facebook

Gestão

Viamão tem dois prefeitos: Vereador Evandro Rodrigues assinou termo de posse, mas Nadim Harfouche foi eleito em plenário; Entenda a confusão:

por Cristiano Abreu | Publicada em 23/07/2020 às 00h| Atualizada em 25/07/2020 às 19h20

Manobra: pelo dicionário, é ato, modo de regular, de dirigir o funcionamento de uma máquina, de um aparelho, de um veículo: manobra de uma locomotiva. Arte de comandar tropas em campanha. Na política, digo que manobra é acomodar e conduzir interesses.

Não importa se para o bem ou para o mal.

O esforço técnico para demonstrar legalidade nos ato que definiram o novo prefeito de Viamão teve de tudo. Parecia pregão da bolsa. Antes da sessão ordinária desta quinta-feira (23), conforme o Diário antecipou, Xandão Gomes (Republicanos) avisou seus pares que não assumiria a Prefeitura. Iniciou-se aí a cotação de nomes.

Sugiram ideias e estratégias de tudo quanto é lado. A que foi para frente foi esta:

Os vereadores Francinei Bonatto (PSDB), Guto Lopes (PDT) e Adão Pretto Filho (PT) encabeçaram requerimento para a convocação de uma sessão extraordinária (após a ordinária) em que a pauta seria destituir a atual mesa diretora da Câmara e eleger nova diretoria. O novo presidente assumiria antes, o compromisso de ir para a Prefeitura. A proposta teve a adesão de André Gutierres (PP), Armando Azambuja (PSDB), Dieguinho (PSD), Eraldo Roggia (PTB), Fabrício Ollermann (MDB), Joãozinho da Saúde (MDB), Maninho Fauri (PSD), Nadim Harfouche (PSL), Rodrigo Pox (PDT) e Victor Braga (PTB).

Guto estava disposto a assumir a Prefeitura, pois já é pré-candidato e não teria impedimento em concorrer a prefeito para a próxima gestão. Mas ele não era o único, e como na Bolsa de Valores, a cada hora um ganhava ou perdia valor conforme as ofertas recebidas. Eraldo foi costurando por fora.

Tudo ainda nos bastidores.

A sessão ordinária, que já começou com atraso, foi o palco da articulação. Assessores nos gabinetes, alguns vereadores no plenário. Vai e vem e sessão interrompida por longos momentos. Houve impasse sobre a convocação de posse do vereador Lucianinho (PSB), suplente de Dilamar de Jesus, até então presidente em licença médica. 

Por volta das 19h, tentaram desenhar o tal acordo para a destituição da mesa. Ninguém se entendeu, a ponto de o vereador Xandão abandonar a sessão. Tentaram apagar as luzes do Plenário Tapir Rocha e a equipe que transmitia ao vivo o encontro foi embora.

Eraldo Roggia, secretário, assumiu o comando e proporcionou uma situação no mínimo inusitada: lançou mão de um megafone para tentar dar continuidade ao trabalho. Abriu a sessão extraordinária e logo foi novamente interrompido.

Não houve acordo.

 

 

 Às 19h30min, Viamão tinha um prefeito. Nesse horário, Evandro Rodrigues saiu do plenário para assinar o termo de posse como Prefeito. Estava visivelmente abatido pela perda de Russinho.

Enquanto isso, Eraldo Roggia recontava os vereadores presentes. Precisava de 14 votos para destituir a mesa diretora da Câmara. Conseguiu 11 (uma abstenção e um contra). Chamou inscrição de chapas, e com 12 votos e uma abstenção, Nadim Harfouche foi eleito o novo presidente, por volta das 20h.

Ele, de acordo com o Legislativo, Nadim será o prefeito de Viamão. Eraldo Roggia, o vice na chapa, assume a Câmara.

Mas o município, que não tinha prefeito nem vice, agora tem dois prefeitos.

Evandro Rodrigues garante que é o novo titular da Prefeitura. Pelo menos até o fim do prazo do afastamento de André Pacheco, em 10 de agosto.

- Eu sou o prefeito de Viamão. A sessão não tinha o número de votos necessários para destituir a mesa, que é 14. Hoje ainda, vamos entrar com mandado de segurança no Judiciário para anular esta papelada que foi feita aqui hoje - Disse Evandro.

- De maneira triste, assumo desta forma, na perda de um grande homem que era o Russinho. Prometo trabalhar por ele. Pretendo instalar um hospital de campanha na cidade nos próximos dias - revelou Rodrigues.

Após, Evandro atravessou a rua e conversou com o chefe da Guarda Municipal (GM) Mauro Rossol na porta do Gabinete do Prefeito. Fontes da coluna dizem que Evandro teria tentado entrar entrar e foi impedido. Partidários do parlamentar dizem que ele esteve no interior do prédio.

O Gabinete está guarnecido por agentes da GM e da Brigada Militar.

Ninguém mais entra.

 



Pouco antes da meia-noite, Nadim fez postagem em rede social. Ele se apresentou ao povo como prefeito e que conta com ajuda da população para que a cidade vença as crises política e de Saúde.

Pelas bandas da Câmara, também não há paz. Xandão e Eraldo brigam pela presidência.

É o relato desta quinta feira que não acabará tão cedo. As disputas, com certeza, vão parar na Justiça. E Viamão sem nenhuma segurança jurídica em seus atos administrativos.

 

Últimas

Exclusivo | com vídeo
A feira livre, Beirute, a Prefeitura e a cloroquina: Nadim Harfouche, o libanês que assume Viamão, fala sobre passado, presente e futuro
Briga pela cadeira de prefeito
Justiça nega mandado de segurança contra eleição da nova mesa diretora da Câmara. Nadim segue prefeito
Primeiro dia de trabalho
Prefeito Nadim: ’Sobre CCs, correções estão sendo feitas, mas nada em lote; Sobre o funcionalismo, existe uma questão legal que precisa ser chancelada pelo Judiciário’
Cadeira de prefeito
Acordão político coloca Nadim Harfouche na Prefeitura e Eraldo Roggia na presidência da Câmara
Operação Capital
Os motivos que levaram o MP a pedir a manutenção do afastamento de André Pacheco
Cadeira de prefeito
’Pré-sal’ da política viamonense tem mais um capítulo decisivo nesta quinta-feira; O gabinete está prestes a receber o terceiro prefeito em sete dias
Operação Capital
Ministério Público pede prorrogação do afastamento de André Pacheco por mais 120 dias
Já pode pedir música!
Mesa da Câmara é destituída, e caminho para a vaga de prefeito liberado
Gestão
Terceiro dia do prefeito em exercício tem ordem para pagar reajuste ao funcionalismo, vídeo em alagamentos, chamamento de concursados e exoneração da irmã secretária
Política
Os bastidores do domingo em que Evandro Rodrigues sentou na cadeira de prefeito de Viamão
Crise do coronavírus
Prefeitura tem nova reunião para discutir ampliação de leitos para pacientes com COVID-19 no município
Justiça determina eleição para cargo de primeiro vice-presidente da Câmara, e cadeira de prefeito permanece ’a prêmio’; Evandro pode voltar ao Legislativo

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS