Domingo, 07 de MARÇO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crise do coronavírus

O avião com as doses destinadas ao RS chega ao Estado na tarde desta segunda-feira | IMAGEM: Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini

Viamão aguarda Bonatto para saber quando vacinação contra a COVID-19 iniciará; Espante os negacionistas, prefeito!

por Cristiano Abreu | Publicada em 18/01/2021 às 00h| Atualizada em 19/01/2021 às 19h04

Neste fim de semana, a vacinação contra a COVID-19 começou no Brasil. O governador Eduardo Leite prometeu a largada para hoje (18) no Rio Grande do Sul. Em Viamão, há muita expectativa, mas pouco se sabe.

O Diário de Viamão apurou que Valdir Bonatto passou a manhã na secretaria da Saúde. É rotina do prefeito despachar por lá nas manhãs, uma vez que ele acumula as demandas da pasta como secretário, contudo (opinião minha), não pode haver nada mais importante do que organizar a logística de distribuição e aplicação do imunizante na população.

Ele já deve ter organizado tudo.

A comunicação da Prefeitura, a essa altura, deve estar com os releases com as informações fundamentais (público-alvo, horários, locais) só esperando para publicar. O Comitê de Emergências criado ainda em 2020 para gerir as ações de Saúde durante a pandemia já deve ter revisado os refrigeradores, estoques de seringas... os carros da Vigilância já estão limpos, abastecidos e a postos para mandar as doses até as unidades mais remotas do município.
Os mutirões aos fins de semana certamente já estão organizados.

Não espero menos que isso.

Escrevi o parágrafo acima na condicional, isto porque nenhuma informação oficial foi repassada pelo Executivo até a hora do almoço dessa segunda-feira histórica para o Brasil. Se eu que não estou em nenhum grupo prioritário já estou de braços prontos para a vacina, imagina a ansiedade de quem pode ser imunizado ainda nessa semana?

O que se sabe até o momento é que o chefe do Executivo deve realizar um comunicado oficial - por live ou postagem nas redes oficiais da Prefeitura na Internet. Nesse anúncio, espero, saberemos quantas doses o Estado repassará para Viamão, e "todos os detalhes necessários".

Não dá para adiar. O início tem que se dar no máximo amanhã, assim que forem abertas as portas das Unidades Básicas. Queremos a vacina, seja de onde vier, não importa o laboratório.

Queremos "para ontem"! 

Vale lembrar que Bonatto assumiu a Saúde, entre outras justificativas, para "cuidar das pessoas" (palavras dele). Além da crise dos contratos com as terceirizadas, da suspeita de corrupção na pasta, o prefeito tucano prometeu na diplomação e na posse enfrentar o coronavírus. A menos que tenha mudado de ideia ou aderido ao "covidiotismo", sigo acreditando que Viamão não seguirá o negacionismo de figuras como o prefeito Sebastião Melo, de Porto Alegre.

Bonatto é professor e empresário. Acredita e faz uso do conhecimento, da lógica e da ciência. Saberá espantar os "cloroquiners" do entorno e agilizará o processo. Da Inglaterra ou da China, a vacina é a saída mais rápida e segura para esvaziar hospitais, e assim estancar a sangria - tanto social quanto econômica. De quebra, agradará as turmas do "fecha tudo" e do "abre tudo".

Caminho melhor não há.

 

RS recebe 341 mil doses

 

Nessa segunda-feira (18), o Eduardo Leite foi ao Centro de Distribuição Logística do MS, em Guarulhos (SP), receber de forma simbólica as primeiras 341,8 mil doses destinadas ao Rio Grande do Sul e fez o anúncio:

- Vamos receber as doses na tarde desta segunda e iniciar ainda hoje o processo de imunização. Temos uma rede de saúde bem distribuída e toda a rede logística já preparada. Transporte, rede de frio, seringas agulhadas, ou seja, tudo pronto para iniciar esse grande processo de vacinação assim que as doses chegarem à capital gaúcha. E, em 24 horas, as doses estarão em todas as regiões do Estado, para que elas também possam iniciar a aplicação, respeitando as faixas definidas no Plano Nacional de Imunizações (PNI) - declarou o governador.

Ao Rio Grande do Sul, estão sendo enviadas por avião 311.680 doses da CoronaVac, do Instituto Butantan feita em parceria com o laboratório Sinovac, para os grupos prioritários (profissionais da saúde da linha de frente e idosos que vivem em instituições de longa permanência) e outras 30.120 à população indígena.

Últimas

Crise do coronavírus
Governo do Estado mantém bandeira preta, proíbe venda de produtos não essenciais em supermercados e suspende cogestão por mais duas semanas
Crise do coronavírus
Hospital Viamão abrirá 32 novos leitos clínicos para enfrentar avanço da COVID-19
Crise do coronavírus
Ultrapassamos as 300 mortes, e lotação do hospital Viamão atinge 383%; Bonatto anuncia telemedicina, estuda a compra de vacinas e garante testagem da população
Crise do coronavírus
Viamão adia volta da rede municipal e suspende retomada das aulas presenciais por tempo indeterminado
Crise do coronavírus
Cogestão será suspensa, e todo o Estado entra em bandeira preta a partir de sábado; Prefeito que tem juízo não deve reclamar
Operação Academus
Polícia Civil apurar crimes contra a administração pública e cumpre mandados em Viamão
Eduardo Leite puxou a escada
Bonatto volta atrás, e a bandeira preta ’desbota’ em Viamão; Secretária da Educação também está com COVID-19
Crise do coronavírus
Entre a cruz e a espada: vice-prefeito está com COVID-19, e Bonatto só aguarda ’melhor momento’ para anunciar fechamento do comércio; Problema é convencer os negacionistas
Crise do coronavírus
Eduardo Leite confirma bandeira preta para Viamão, mas mantém cogestão; Agora a pressão está sobre os ombros de Bonatto, que falará em live nesta noite
Crise do coronavírus
Viamão em bandeira preta: Prefeitura discute ações para enfrentar aumento da transmissão da COVID-19; 93% dos leitos do hospital estão ocupados
Crise do coronavírus
Ministério Público e Tribunal de Contas atuam juntos na apuração de denúncias de irregularidades na vacinação; Tem investigação em Viamão
Crise do coronavírus
A vacinação a passos de formiga e a falta de dinheiro para leitos; Bolsonaro e o câncer que causa tabagismo

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS