Quinta-feira, 21 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crise do coronavírus

Com a variante delta em Viamão e na vizinhança, região recebe aviso de risco, mas aumenta lotação de ônibus e escolas; Os Grandes Lances dos Piores Momentos

por Rafael Martinelli | Publicada em 05/08/2021 às 00h| Atualizada em 16/08/2021 às 11h12

Com a variante delta em Viamão e na Região 10 - Porto Alegre - receberam aviso de risco no sistema ‘3As’ de monitoramento da pandemia. Junto foi autorizada redução da distância entre alunos nas salas de aulas e ampliação da capacidade de passageiros nos ônibus. É, ou não, dos Grandes Lances dos Piores Momentos?

Reputo o ‘3As’ resta igual ao ‘colorir mapinha’ do distanciamento controlado, cuja bandeira vermelha terminou em 50 tons de rosa.

Os novos 17 avisos do Gabinete de Crise decorrem de aumento de novas hospitalizações.

No acumulado da semana, o Rio Grande do Sul registrou um aumento de 102,7%. Em 24 de julho, havia 7,3 novas hospitalizações acumuladas em 7 dias para cada 100 mil habitantes, e na terça-feira (3) estava em 14,8.

Diz o boletim de ‘Aviso’ para a R10, a que o Diário de Viamão teve acesso: “Em 24/07 a Região de Porto Alegre - R10 apresentava 6,9 novas hospitalizações acumuladas na semana reportadas no Sivep Gripe para cada 100 mil habitantes. Em 03/08 esse número estava em 12,9, o que representa um aumento de 87% no período”.

Setembro, pelas projeções da SMS, Viamão terá toda a população vacinável já com a primeira dose, além do inverno ter passado. Mas até lá...

Mesmo com o ‘Aviso’, o Gabinete de Crise do Estado decidiu que, para o transporte coletivo (municipal, metropolitano, comum, ferroviário e aquaviário) a ocupação máxima passa de 60% para 90%. Já para o transporte rodoviário (fretado, metropolitano executivo, intermunicipal e interestadual) a lotação passa de 75% para 100%.

Também foi autorizada a redução da distância em sala de aula de 1,50 para 1 metro entre pessoas, desde que respeitados e reforçados os demais protocolos sanitários.

Não é um contrassenso?

 Repito: a variante delta, que já circula por aqui e na vizinhança, exige que a atenção seja mantida. Já são 11 casos no RS. LEMBRANDO: na região, há casos em Viamão e Canoas.

Na sexta vazou documento interno CDC americano que revela que a variante delta é mais transmissível que ebola, gripe comum, influenza, catapora e até do que foi a gripe espanhola de 1918.

Conforme a epidemiologista Denise Garrett, do CDC, a delta tem maior risco de reinfecção se a anterior aconteceu no período de 180 dias; tem efeitos mais graves que todas as variantes até agora descobertas e casos em vacinados podem ser tão transmissíveis quanto em não vacinados.

A variante delta já responde por 15 dos casos no RS. No Rio 45% das amostras analisadas obtiveram confirmação. Na Grande São Paulo, a taxa está em 23%.

Ao fim, aguardo alguém me explicar a lógica de emitir um aviso de risco e flexibilizar aulas e ônibus, e estar próximo a liberar gradualmente público em estádios, shows, raves e eventos até 20 mil pessoas, como tratei em artigos como ’Festa da Covid’: Estado adia liberação gradual de eventos até 20 mil pessoas em Gravataí, Cachoeirinha e Grande Porto Alegre​.

Não se trata de ser ‘urubu da imprensa’: a COVID-19 ainda é a maior responsável por mortes em Viamão.

Com o prdão da indelicadeza que já é parte do nosso Zeitgeist, o ‘espírito do tempo’, lembra-me a millôriana “o urubu, definitivamente, não é um animal em extinção: estará aqui para comer o último cadáver; junto com a barata”.

 

Leia também

Um ano sem Russinho: Impressões tardias

Série de reportagens relembra vida, trajetória política e morte do prefeito de Viamão levado pela COVID-19

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS