Sexta-feira, 03 de JULHO de 2020

Publicidade

Publicidade

Facebook

Polêmica

Foto: Arquivo pessoal

Presidente do SIMVIA diz que Russinho trata servidores municipais como ’palhaços’ ao revogar reposição salarial

Publicada em 09/06/2020 às 00h| Atualizada em 19/06/2020 às 15h44

A Prefeitura mantém o silêncio, sem responder ao Diário de Viamão, sobre a revogação da lei 4951/2020, que concede reposição salarial ao quadro geral de servidores. Enquanto isso,  a presidente do Sindicato dos Municipários de Viamão (SIMVIA) cobra - com razão - uma posição da Administração.

Maria Darcila Tinoco fez duras críticas ao tratamento dado por Russinho à categoria. Na noite da terça-feira (9), a dirigente sindical publicou uma carta aberta classificando a atitude do prefeito em exercício como "palhaçada" e afirmando que o gestor "brinca com a esperança" dos trabalhadores do município.

Leia na íntegra:

"Tem governos que não valorizam o Funcionalismo, já é comum em Viamão. Mas esse governo se superou. Fez todo mundo de palhaço. Disse que daria 5%. Veio com desculpas e mais desculpas para não dar reajuste nenhum. Só brincou com a ESPERANÇA das pessoas.

O que é 5% pra quem ganha pouco? Mas pelo visto vai fazer falta para o Prefeito. Um governo mal assessorado, que não sabe de leis, não sabe o que pode ou o que não pode. A cada questionamento do SIMVIA, não sabem o que responder.

O governo poderia, sim, ter dado os 5%, se quisesse. Não precisava ter jogado com a vida das pessoas que estavam esperando um reajuste de 5%, que agora, novamente, apunhalado (SIC) pelas costas, vê (SIC) seu miserável reajuste sendo retirado depois de votado, assinado pelo Prefeito e sancionado pela Câmara.

Mas ainda tenho esperança. Os vereadores estão do lado do Funcionalismo e  NÃO vão votar a favor da retirada. As justificativas do governo sobre o Auxílio Emergencial não seria desculpa se o Prefeito tivesse pago o reajuste na data base dos funcionários, que é em março. Lamentável a atitude do Prefeito, que não cumpre com seu dever com o Funcionalismo, que, em vez de dar um reajuste que a classe trabalhadora merece, ainda retira o pouco que deu."

 

 

Entenda o caso:

 

A coluna acompanha desde o início a saga da reposição salarial anual dos servidores públicos de Viamão. É tanto vai não vai que ficou pior que novela mexicana, conforme comparei no artigo Reposição salarial do funcionalismo volta para a Câmara; Além de parcelado, dinheiro será menor. Só que a coisa ficou pior.

No dia 28 de maio, Russinho encaminhou projeto de lei reduzindo de 5% para 4,31% o percentual concedido aos concursados do quadro geral em 30 de abril. Dias depois, voltou atrás.

Conforme o SIMVIA, já havia até a previsão para pagamento dos novos valores a partir de junho, e da diferença retroativa a março em duas parcelas (junho e julho), o que não aconteceu.  

A demora indicava que algo havia nos bastidores.

No dia 4 deste mês, Russinho enviou novo projeto ao Legislativo. Dessa vez, revogando integralmente a lei 4951, que estabelece o percentual e autoriza o pagamento.

Ou seja, já era aumento.

 

 

 

 

Últimas Cristiano Abreu

Política
Vereadores rejeitam pedido para abertura de impeachment de André Pacheco
Política
Falta de energia impede sessão que analisaria pedido de cassação de André Pacheco
Política
Vereadores votam pedido de cassação do prefeito André Pacheco nesta quinta-feira
Crise do coronavírus
Russinho aderiu aos protocolos da bandeira vermelha; Agora, só falta a fiscalização
93 dias de crise
Em gráficos, entenda os 93 dias da pandemia do coronavírus em Viamão
Cristiano Abreu
Prefeitura recorrerá da classificação de bandeira vermelha; Falta a Russinho empatia com as vítimas da COVID-19
Crise do coronavírus
Ministério Público volta a cobrar ações da Prefeitura no combate da COVID-19
Crise do coronavírus
Ou Russinho pede ajuda da população, ou terá de fechar o comércio novamente; Recado aos ’covidiotas’
Crise do coronavírus
Profissionais com COVID-19 são afastados, e posto de saúde é fechado
Crise do coronavírus
Ministério Público recebe denúncia de supostas irregularidades em serviço de desinfecção de ruas
Polêmica
Presidente do SIMVIA diz que Russinho trata servidores municipais como ’palhaços’ ao revogar reposição salarial
Crise do cornavírus
Os 89 casos de Viamão ganham destaque na mídia estadual, mas a Prefeitura escolhe relaxar medidas de prevenção
Política
TCE reprova contas de André Pacheco na gestão da Granpal
Crise do coronavírus
No dia em que Viamão registra a quinta morte por COVID-19, secretário da Saúde diz que ’quadro é razoável’
Crise do coronavírus
A COVID-19 avança a galopes em Viamão; Quem acha que está tudo bem precisa ver estes infográficos
Novela de mau gosto
Reposição salarial do funcionalismo volta para a Câmara; Além de parcelado, dinheiro será menor
Caos na Saúde
Os problemas nos contratos das terceirizadas vão muito além do filé mignon e do Uber pagos com dinheiro do contribuinte
Caos na Saúde
Prefeitura renova contrato com empresa que faz a gestão dos postos de saúde
Crise da Saúde
Empresa que faz gestão da UPA cobra da Prefeitura três meses de pagamentos em atraso; O caos das terceirizadas
CRISE DO CORONAVÍRUS
Um fim de semana para ninguém esquecer: A COVID-19 leva mais duas vidas em Viamão

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
cristiano@grupocg.com.br

Rafael Martinelli

Editor
rafael@grupocg.com.br

Roberto Gomes

Diretor
roberto@grupocg.com.br

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS