Sexta-feira, 17 de SETEMBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crise do coronavírus

A saúde de Russinho coloca cenário político de Viamão à prova; A cadeira que ninguém quer em ano eleitoral

Publicada em 16/07/2020 às 00h| Atualizada em 22/07/2020 às 20h19

A saúde de uma pessoa é assunto particular. Contudo, quando se trata de figura detentora de cargo ou posição relevante, fica difícil separar a vida pessoal da pública. Foi assim com Bolsonaro, que lutou até judicialmente para não divulgar seus exames para o coronavírus (usando até nome falso nos exames) e depois virou garoto propaganda da cloroquina (usando nome verdadeiro). Saber da capacidade física e mental do mandatário do país não tem a ver com capricho ou dar satisfação aos eleitores, é questão de manter intocado o rito democrático e a governabilidade.

Guardadas proporções (nada a ver com a predileção por medicamentos não comprovados cientificamente), a confirmação nesta terça-feira (15) de que o prefeito Russinho testou positivo para a COVID-19 coloca Viamão na mesma encruzilhada moral. Valdir Jorge Elias é vice, ocupa a cadeira interinamente ao menos até o mês que vem. E sua saúde é a garantia da continuidade de uma gestão.

Ter conhecimento da real condição clínica do prefeito em exercício foi a busca incessante do dia de ontem. Desde o comunicado oficial do contágio, feito pela Prefeitura no fim da manhã, informações desencontradas circularam. A nota oficial silenciou sobre a hospitalização de Russinho, fato que o Diário de Viamão revelou no início da tarde.

Somente às 21h veio a confirmação da ida ao Hospital Viamão, porém a nota minúscula atribui a permanência na casa de Saúde à uma escolha do prefeito, para "observação". O hospital reserva-se ao sigilo médico para não dar informações sobre Russinho. Já o secretário Glazileu Aragonês falou à coluna dando conta de que o quadro clínico do chefe do Executivo, que tem 66 anos, "inspira cuidados".

Saber como está Russinho não tem apenas importância do ponto de vista de zelar pelo seu bem-estar. Por isso, os bastidores da política local ferveram nesta terça-feira. Teve reunião na Câmara de Vereadores, debate interno em partidos, todos avaliando cenários. Todos fazendo contas.

Russinho é o vice da chapa de André Pacheco (afastado), portanto não tem vice. E caso a recuperação da COVID-19 exija seu afastamento, é o presidente da Câmara, vereador Dilamar de Jesus (PSB), o político a sentar na cadeira de prefeito. Se isso acontecer, por um dia que seja, ele não poderá concorrer à reeleição.

Não é uma escolha simples, nem desejada, acredito, por Dilamar. E o cenário indicava já durante a tarde que o presidente do Legislativo poderá recorrer a uma licença interesse caso necessário para não assumir o Executivo.

O mesmo ocorreria com os sucessores abaixo de Dilamar. É ano eleitoral, ninguém quer abrir mão de concorrer. Já vi este filme em Alvorada certa vez, embora por outros motivos. E lá, quem foi colocado no comando da Prefeitura foi a juíza responsável pela Comarca na época.  

A coluna pediu. Ninguém quis falar sobre.

É um cenário extremo, talvez com remotas chances de ocorrer em Viamão, mas dada a importância do cargo, precisa ser encarado como hipótese. Não há dúvidas que todos torcem pela recuperação rápida e plena de Russinho, e é líquido e certo de que sua cadeira está "amaldiçoada" eleitoralmente. Tem uma fila, grande até, de gente a querendo, mas só em 2021. 

 

LEIA TAMBÉM

Município ultrapassa os 300 casos da COVID-19 e chega a 30 mortes. Após Russinho testar positivo, gabinete passa por desinfecção

Homem por trás do afastamento de André Pacheco rompe o silêncio um ano após denúncias que deram origem à ’Lava Jato’ de Viamão

Viamão se aproxima dos 300 casos de COVID-19; Em semana com oito mortes, teve oração no gabinete do Russinho, mas não foi pelas vítimas

Últimas Cristiano Abreu

Política
Guto Lopes entrega carta de desfiliação ao PDT - o ’novo’ partido já está escolhido
Viamão, 280 anos
A Velha Capital e suas velhas roupas – Oração ao Tempo
Prepara o bolso
RS-118: Bonatto recebe movimento contra o pedágio; O ’sincericídio’ e o ’não sai na foto’ - Entenda
Opinião
Um ano sem Russinho: Impressões tardias
#PodcastdoDV
Abreu & Cast | Viamão antecipa segunda dose da vacina contra a COVID-19 e convoca a população aos postos de Saúde
Economia
Bonatto prepara pacote de incentivo econômico para Viamão
Prepara o bolso!
Audiência na Câmara tenta mobilizar Viamão contra o pedágio de Eduardo Leite na RS-118
Prepara o bolso!
Abreu&Cast - EP 04: Vereadores, entidades e população unidos contra o pedágio na RS-118
Política
A correnteza que pode tirar Guto Lopes do PDT - As lições de Heráclito sobre o rio pantanoso chamado política viamonense
Debate
30 SEGUNDOS | Diário de Viamão estreia novo programa no YouTube. O polêmico pedágio na RS-118 é o assunto em debate
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 03 | Ex-vereador Guto Lopes comenta a implantação de pedágio na RS-118
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 02 | Cristiano Abreu comenta o esquema de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Polícia investiga atuação de organização criminosa em desvio de vacinas contra a COVID-19 e de medicamentos do SUS em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Dois servidores da Prefeitura são presos por suspeita de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão
Crise do Coronavírus
Entenda o caso da ’vacina falsa contra a COVID-19’ em Viamão: o que dizem Prefeitura, Estado e Ministério Público
Seu bolso
Lideranças da Região Metropolitana criam movimento para evitar pedágio na RS-118; Viamão precisa mergulhar de cabeça
Crise do coronavírus
O marketing dos recuperados: e daí que são 6,9 mil? Acerta quem enxerga primeiro os casos ativos e os 630 mortos de Viamão
Crise do coronavírus
Prefeitura aguarda Justiça para liberar vacina a profissionais da Educação - o plano e a promessa
Pedágio
RS-040 volta à iniciativa privada, e isenção a placas de Viamão acabará; Após R$ 400 milhões de dinheiro público, 118 também será pedagiada
Crise do coronavírus - Um Ano de Agonia
Se investigasse, o que a CPI da COVID-19 encontraria em Viamão:

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS