Sabado, 10 de ABRIL de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crise do coronavírus

A COVID-19 está lá fora; e mesmo sem agir, as consequências não afetam a gestão de Nadim

Publicada em 26/08/2020 às 00h| Atualizada em 07/09/2020 às 14h40

Reconheçamos, Nadim tem estrela. Não estou falando dos arranjos que o fizeram prefeito em exercício, mas da conjuntura que o livra, pelo menos até aqui, do ônus da crise do coronavírus. Na semana em que sentou-se na cadeira de fato e de direito, em 1º de agosto, Viamão chorou 19 mortos por coronavírus. 25 dias depois, mesmo sem ter movido nenhuma engrenagem da máquina pública para tanto, o número de óbitos apresenta desaceleração.

Eis a sorte de Nadim.

São 63 vidas perdidas em julho - 2,1 por dia. Não considero o total de casos uma vez que a subnotificação fica mais evidente a cada dia Quando passou a comandar o Gabinete, a ocupação dos leitos COVID-19 do Hospital Viamão (HV) era de 100%. Nesta quarta-feira (26), a mesma casa tem 15 pacientes entre confirmados e suspeitos - três deles em UTI.

O percentual de internações é apenas um dos indicadores levados em conta para as ações de combate e prevenção da pandemia, porém é o único levado em conta pela Prefeitura no momento. Passa a sensação de que o pior já passou, de que não é mais preciso investir em prevenção.

Basta uma olhada superficial nos demais números para derrubar a tese da tranquilidade:

 

1. 

A curva segue em alta: 15,6 novos doentes por dia.

 

2.

 
Embora tenham caído, a média diária de mortes é elevada: 1,80/dia. E o Diário só contabiliza os óbitos efetivamente ocorridos em agosto: 47.

 

3.

As notícias de surtos em casas de repouso, conforme o Diário noticiou mês passado, voltam a se repetir. No dia 20, a Vigilância em Saúde de Viamão confirmou a infecção de cinco residentes dois funcionários em uma casa de repouso local.

 

4.

O Ministério Público investiga surto entre moradores do Hospital Colônia Itapuã. O Diário trouxe o fato no início do mês passado. Na ocasião, a Prefeitura alegou que a responsabilidade é do governo do Estado, mas que acompanhava os números.

 

5.

Se os números de internados por coronavírus caem no Hospital Viamão, o total de pacientes do município hospitalizados em Porto Alegre nunca foi tão elevado. Hoje são 42 - mais que a capacidade do HV.  

 

6.

Sem juízo de valor, a sobra de leitos no HV é fruto de um descrédito da população na casa de saúde da cidade. Isso faz com que os moradores de Viamão busquem atendimento na Capital.

 

Alerta

 

Fato é que a população cansou da pandemia. Parece ter perdido o interesse e relaxou. Há tanto perigo nisso quanto a falta de ação dos gestores públicos ou no negacionismo consciente.

Passamos cinco meses sem nenhuma ação concreta da Prefeitura. O Estado nos emprestou dez leitos de UTI ; Russinho, além de lamentar o comércio fechado, gastou com equipes de higienização.

E foi só.

Nadim diz que reconhece os riscos que o vírus oferece, mas não age. Falou em implantar o protocolo da cloroquina - que não tem eficácia comprovada - mas, felizmente, não foi adiante, pois seria um gasto inútil. Criticou publicamente o Hospital Viamão e por opção pessoal, encerrou negociação para novos leitos. Tentou levar o dinheiro e o povo de Viamão para o Hospital Parque Belém, na zona Sul da Capital. A sobra de leitos no HV parece ter feito o assunto ser esquecido.

Como disse lá no início, o acaso favorece Nadim.

Flordelis, Gauchão, eleições, tudo parece ter mais importância do que a COVID-19 aos olhos do povo. Na Administração municipal, a pandemia só voltou ao discurso quando foi preciso negar a reposição salarial do funcionalismo.

Está na hora de a Prefeitura apontar onde investiu e onde pretende investir os tais R$ 32 milhões usados para o combate ao coronavírus. Que campanha de prevenção foi feita? Que teste foi comprado? O total de fiscais nas ruas aumentou? 

Respostas, por favor.

 

Evolução do contágio

 

Nesta terça-feira, a secretaria da Saúde local notificou mais 39 casos e uma morte por coronavírus. O total de doentes foi a 1.070, o de mortes a 125 e o de recuperados para 345.

- 2.064 casos notificados desde o começo da pandemia:

- 1.070 confirmados
- 802 casos descartados
- 192 aguardam resultados
- 345 recuperados;
- 125 óbitos.

- 376 em isolamento domiciliar
- internados em Viamão: 14
- internados na Capital: 42

 

Atendimentos do Hospital Viamão

- Triagem Nas últimas 24h: 27;
- Suspeitos (aguardando resultado): 65;
- Confirmados desde 07/03: 190
- Óbitos desde 07/03: 60

Internações:

- 3 suspeitos e 3 confirmados na UTI Adulta
- 4 suspeitos e 4 confirmados na Internação Adulta
- 1 suspeito na Internação Pediátrica

 

Números de uma guerra:

 

Brasil:

- 3.717.156 confirmados (+ 47.161 nas últimas 24 horas)

- 117.665 mortes (+1.085 nas últimas 24 horas)

- 2.908.848 recuperados

- 690.642 em acompanhamento

 

Fonte: Ministério da Saúde 

 

Rio Grande do Sul:

- 115.984 confirmados (+3.284 em 485 municípios - 98% de 497 municípios) 

-3.235 mortes (+ 74 nas últimas 24 horas)

- 12.025 hospitalizados

- 1.919 pacientes em leitos de UTI - de 2.488 disponíveis (77,1% de ocupação)

-  105.164 recuperados 

 - 7.585 em acompanhamento

 

Fonte: secretaria da Saúde do RS

 

Viamão:

- 1.070 casos (39 nas últimas 24 horas)

- 125 vidas perdidas (1 nas últimas 24 horas)

- 345 recuperados

- 600 em acompanhamento

-192 suspeitos

 

Fonte: secretaria da Saúde de Viamão

 

Coeficientes de contágio:

 

Brasil:
1.768,8/100 mil habitantes

Rio Grande do Sul:
1.019,4/100 mil habitantes

Viamão: 
419,2/100 mil habitantes

 

Fontes: 

https://covid.saude.gov.br/

http://ti.saude.rs.gov.br/covid19/

https://www.viamao.rs.gov.br/coronavirus


 

 

Últimas Cristiano Abreu

Crise do coronavírus
Ex-prefeito Nadim Harfouche está internado com COVID-19, e esposa se recupera em casa; Filhos pedem orações
Exclusivo
Coronavírus, bastidores e aposta: ex-vereador Evandro Rodrigues avalia cenário político e pede desculpas por ter apoiado Maninho Fauri na eleição
Mobilidade urbana
Assembleia aprova projeto de concessão de rodovias - RS-040 pode ser novamente entregue para a iniciativa privada
Crise do coronavírus
Viamão adere ao consórcio metropolitano para a compra de vacinas: entenda a polêmica e o caminho até a chegada das doses
Crise do coronavírus
Bandeira preta está mantida em todo o Estado, mas governo libera a cogestão; A Páscoa da COVID se aproxima
Crise do coronavírus
Eduardo Leite tenta justificar o injustificável: a retomada da cogestão é um equívoco que custará vidas; ’O Barrabás financeiro’
Exclusivo
Armando Azambuja avalia primeiros meses no comando da Câmara de Vereadores e anuncia envio de recursos à Prefeitura para o combate da COVID-19
Exclusivo
Maninho Fauri fala pela primeira vez sobre saída do PSD e projeta futuro político: ’estou dialogando com Bonatto’
Luto
Presidente de honra do MDB Viamão Sarico Moura morre vítima da COVID-19
Crise do coronavírus
O apelo desesperado de Bonatto aos negacionistas: ’318 não têm mais escolha, nós temos’ (ainda)
Crise do coronavírus
Governo do Estado mantém bandeira preta, proíbe venda de produtos não essenciais em supermercados e suspende cogestão por mais duas semanas
Crise do coronavírus
Hospital Viamão abrirá novos leitos clínicos para enfrentar avanço da COVID-19
Crise do coronavírus
Ultrapassamos as 300 mortes, e lotação do hospital Viamão atinge 383%; Bonatto anuncia telemedicina, estuda a compra de vacinas e garante testagem da população
Crise do coronavírus
Viamão adia volta da rede municipal e suspende retomada das aulas presenciais por tempo indeterminado
Crise do coronavírus
Cogestão será suspensa, e todo o Estado entra em bandeira preta a partir de sábado; Prefeito que tem juízo não deve reclamar
Operação Academus
Polícia Civil apurar crimes contra a administração pública e cumpre mandados em Viamão
Eduardo Leite puxou a escada
Bonatto volta atrás, e a bandeira preta ’desbota’ em Viamão; Secretária da Educação também está com COVID-19
Crise do coronavírus
Entre a cruz e a espada: vice-prefeito está com COVID-19, e Bonatto só aguarda ’melhor momento’ para anunciar fechamento do comércio; Problema é convencer os negacionistas
Crise do coronavírus
Eduardo Leite confirma bandeira preta para Viamão, mas mantém cogestão; Agora a pressão está sobre os ombros de Bonatto, que falará em live nesta noite
Crise do coronavírus
Viamão em bandeira preta: Prefeitura discute ações para enfrentar aumento da transmissão da COVID-19; 93% dos leitos do hospital estão ocupados

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS