Quarta-feira, 20 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crise do coronavírus

Imagens: André Flores | Instituto de Cardiologia | Edição de vídeo: Guilherme Klamt

Hospital Viamão abrirá novos leitos clínicos para enfrentar avanço da COVID-19

Publicada em 03/03/2021 às 00h| Atualizada em 24/03/2021 às 22h39

Após decretar bandeira preta, o governo do Estado acionou a última fase do plano de emergência para o enfrentamento do coronavírus. Isso permite a adoção de medidas em caráter extraordinário para ampliar a capacidade de atendimento do sistema de Saúde. E é por conta desse protocolo especial que o Hospital Viamão (HV) terá nos próximos dias a abertura de 40 novos leitos clínicos para tratamento de pacientes com COVID-19.

Governo do Estado e Prefeitura discutem os últimos detalhes para viabilizarem a ação. Nesta sexta-feira (5) em que a boa notícia foi anunciada, a casa de Saúde local tem 29 internados em leitos clínicos (fora de UTI)  com e sem coronavírus, quando a oferta atual é de apenas 12. Em outras palavras, a lotação deste momento representa quase duas vezes e meia a capacidade técnica do HV. A ideia é chegar a 52 vagas para a internação de pacientes que não necessitam de terapia intensiva, dando novo fôlego ao sistema.

De acordo com o diretor técnico do HV, João Almir Camargo Jorge, para poder dar conta da alta demanda, a maternidade de Viamão será desativada. Mães e bebês serão direcionados para o Hospital Alvorada, da mesma mantenedora do HV, e que é especializado em saúde neonatal.

Hospital e Prefeitura afirmam que trata-se de uma medida temporária.

Conforme o Diário de Viamão vem noticiando ao longo da semana, a situação é de extrema gravidade. Repetindo: o assustador indicador de lotaçã dos leitos clínicos o está em 241.7% (chegou a 383,3% no início da semana), e dos 30 leitos de UTI, apenas três estão disponíveis neste momento (90% de ocupação). Hoje a casa tem 56 internados entre as UTIs adulto, pediátrica e leitos clínicos - 17 deles em macas e cadeiras improvisadas pelos corredores.

Por isso, aos que perguntam como fica o direito de nascer na Velha Capital, respondo que esse será substituído pela necessidade de fazer valer o direito de seguirmos vivos. A medida é extrema, e se valer apenas por tempo determinado, como é a promessa, só merece elogios.

Aos que discordam, lembro que a situação é mais ou menos como o popular "enxugar gelo". Mesmo aumentando em quase três vezes a capacidade de acomocar pacientes em leitos clínicos, não se deve esquecer que este é o último recurso para evitar o colapso no atendimento local.

Com base em tudo que é necessário para conter o vírus, é o que pode ser feito agora.

 

EM VÍDEO:

 

Prefeito e diretoria do Hospital comentam a ampliação de leitos. A edição de vídeo é do Guilherme Klamt.

 

 

Desafogo

 

A Prefeitura defende que após a reorganização das Unidades Básicas de Saúde (UBSs) para atendimento dos pacientes suspeitos de COVID-19 (leia mais abaixo), houve redução no número de atendimentos de baixa complexidade (fichas azul e verde) no Hospital Viamão.

A direção do HV confirma.

 

Outras ações

 

Nesta semana, o prefeito Valdir Bonatto anunciou uma série de medidas para tentar conter o avanço da COVID-19 em Viamão:

 

Atendimento e vacinação na UR Centro:

 

Mesmo passando por reformas, desde o dia 1º, a UR Centro está aberta para a vacinação de idosos e atendimento a pessoas positivadas para coronavírus, porém que estão assintomáticas. O serviço vai das 8h até 17h.

Até que a UR Centro tenha as obras finalizadas, os demais atendimentos em Saúde estão disponíveis na UBS Estalagem (rua Raquel Wolf, esquina rua Frederico Mentz).

 

Telemedicina:

 

O prefeito quer permitir a telemedicina em Viamão. A Câmara aprovou lei permitindo que médicos da rede pública possam atender pacientes por meio de videochamada. O usuário do SUS poderá ligar para um serviço de teleatendimento que funcionará de segunda a sábado, entre 7h e 19h.

 

Compra de vacinas:

 

Outro projeto também aprovado Legislativo autoriza o município a comprar vacinas contra a COVID-19 para atender toda a população. O prefeito não detalhou valores, mas citou que planeja custear a ação com repasses recebidos para ações contra a pandemia, complementando com recursos do caixa único da Prefeitura.

 

Convênio:

 

O tucano anunciou que firmará convênio com o Instituto de Cardiologia, mantenedora do Hospital Viamão, para construção de uma Unidade Básica de Saúde para atender aos pacientes de baixa complexidade. O projeto de lei também já está aprovado pelos vereadores.

- Isso desafogará o atendimento da emergência, que precisa priorizar o atendimento aos pacientes classificados como média e alta complexidade - defende do chefe do Executivo.

 

Testes:

 

A Prefeitura fala em compra de novos testes rápidos. Isso daria agilidade aos diagnósticos dos pacientes infectados pelo novo coronavírus. 

 

Testagem e atendimento regionalizado:

 

Para tentar desafogar a UPA e o Hospital Viamão, o atendimento de casos suspeitos de COVID-19 agora é oferecido à população em suas localidades de origem. A partir desta segunda-feira, 9 Unidades Básicas de Saúde estão referenciadas para prestar exclusivamente serviços ligados à pandemia, incluindo o teste PCR. Será a porta de entrada no sistema de Saúde Pública municipal para pacientes que apresentem sintomas da doença.

Nesse planejamento, Viamão foi dividida em quatro regiões: Santa Isabel, Viamópolis, Centro e Águas Claras/Itapuã. Moradores dessas áreas devem procurar as unidades de referência mais próxima de suas residências, sempre entre 8h e 17h horas.

 

Unidades de referência:

 

• Região Viamópolis: UBS Esmeralda, UBS São Lucas e UBS São Tomé

• Região Santa Isabel: UBS Santa Isabel e UBS Augusta Meneguine

• Região Centro: UBS Vila Elsa e UR Centro

• Região Rural: UBS Águas Claras e UBS Itapuã

 

Triagem e atendimento mudam na UPA:

 

A secretaria da Saúde criou área reservada apenas para pacientes fora de suspeita de contágio pela COVID-19. Segundo a diretora geral da SMS Michele Galvão o atendimento de casos confirmados e sob investigação agora ocorre sem contato com os demais pacientes.

 

Boletim médico por telefone:

 

Por conta do número elevado de pacientes internados, a SMS busca reduzir a circulação de pessoas na UPA. Para manter os familiares dos doentes informados sem gerar aglomerações, a equipe médica está atualizando o boletim médico dos pacientes por telefone. As ligações são direcionadas aos contatos registrados no momento da internação e ocorrem diariamente a partir das 16h.

 

EM VÍDEO:

 

Prefeito e diretora da SMS falam sobre as mudanças. A edição de vídeo é do Guilherme Klamt.

 

 

 

Leia também

Madrugada dos negacionistas: Brigada Militar e fiscalização da Prefeitura encerram festa clandestina em Viamão

Cogestão será suspensa, e todo o Estado entrará em bandeira preta a partir de sábado; Prefeito que tem juízo não deve reclamar

Viamão adia volta da rede municipal e suspende retomada das aulas presenciais por tempo indeterminado

Bonatto volta atrás, e a bandeira preta ’desbota’ em Viamão; Secretária da Educação também está com COVID-19

Entre a cruz e a espada: vice-prefeito está com COVID-19, e Bonatto só aguarda ’melhor momento’ para anunciar fechamento do comércio; Problema é convencer os negacionistasas

Presidente de honra do MDB Sarico Moura está internado com COVID-19; Estado de saúde é considerado grave

Morre vítima da COVID-19 o secretário de planejamento de Viamão e presidente do PL Nilson Vargas

Últimas Cristiano Abreu

Cidade
CEEE promete mutirão para remover fios irregulares na rede elétrica em Viamão - a terceirização da terceirização do serviço
Prepara o bolso
Abreu & Cast - 06 | Contra pedágio na ERS-118, movimento estampa rosto de Eduardo Leite em outdoors
Justiça estuprada
Caso Mariana Ferrer: Julgamento que pode reverter absolvição de acusado de estupro ocorre nesta quinta
Política
Abandonada por Bolsonaro após prisão, extremista Sara Giromini muda para Viamão - a cruz de ferro nazista tatuada no peito
Política
A semana das infelizes coincidências: o véio da Havan e as cidades sem prefeito
Não ao pedágio
A RS-118 vai ganhar obras - mas ’adivinhem’: no trecho de Gravataí
Política
Guto Lopes entrega carta de desfiliação ao PDT - o ’novo’ partido já está escolhido
Viamão, 280 anos
A Velha Capital e suas velhas roupas – Oração ao Tempo
Prepara o bolso
RS-118: Bonatto recebe movimento contra o pedágio; O ’sincericídio’ e o ’não sai na foto’ - Entenda
Opinião
Um ano sem Russinho: Impressões tardias
#PodcastdoDV
Abreu & Cast | Viamão antecipa segunda dose da vacina contra a COVID-19 e convoca a população aos postos de Saúde
Economia
Bonatto prepara pacote de incentivo econômico para Viamão
Prepara o bolso!
Audiência na Câmara tenta mobilizar Viamão contra o pedágio de Eduardo Leite na RS-118
Prepara o bolso!
Abreu&Cast - EP 04: Vereadores, entidades e população unidos contra o pedágio na RS-118
Política
A correnteza que pode tirar Guto Lopes do PDT - As lições de Heráclito sobre o rio pantanoso chamado política viamonense
Debate
30 SEGUNDOS | Diário de Viamão estreia novo programa no YouTube. O polêmico pedágio na RS-118 é o assunto em debate
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 03 | Ex-vereador Guto Lopes comenta a implantação de pedágio na RS-118
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 02 | Cristiano Abreu comenta o esquema de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Polícia investiga atuação de organização criminosa em desvio de vacinas contra a COVID-19 e de medicamentos do SUS em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Dois servidores da Prefeitura são presos por suspeita de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS