Sabado, 16 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crise do coronavírus

Na foto, um exemplo positivo dado pela Prefeitura de Viamão ao alertar para os perigos do coronavírus

O marketing dos recuperados: e daí que são 6,9 mil? Acerta quem enxerga primeiro os casos ativos e os 630 mortos de Viamão

Publicada em 21/05/2021 às 00h| Atualizada em 27/05/2021 às 14h22

Que bom que temos 6.977 recuperados da COVID em Viamão, mas e os doentes? Porque os ignoramos? Sabemos quantos são de fato?

Acredito que médico não deve se desculpar pelo diagnóstico que revela ao paciente. Da mesma forma, a mim incomoda jornalista que lamenta a notícia que reporta. Virou cacoete dizer “vamos de notícia boa agora”, como se os fatos dependessem da vontade de quem os narra.

Por isso, fora dos conceitos do marketing ou do emburrecimento do senso crítico brasileiro, não existe sentido em focar a cobertura da pandemia nos recuperados. Além de ser uma redundância – afinal uma doença só evolui em duas direções: cura ou morte –, prejudica os órgãos de controle.

Sem falar que mascara a realidade. Dá ao povo a sensação de que está tudo bem quando não está. Até mesmo porque quem se cura não está livre de se reinfectar.

Lembrar que oficialmente 7.678 pessoas adoeceram, e dessas 630 perderam a vida, é obrigação. Dourar a pílula só fortalece teorias conspiratórias bolsonaristas, faz promessas de compra de vacina caírem no esquecimento, vira desculpa para que não sejam realizados mais testes.

Aos que gostam de matemática, o ideal é que a curva dos óbitos pare de subir – esse é o indicador capaz de mostrar com precisão quando estivermos vencendo a crise. Entendam que não se trata de gosto, de ver o copo meio cheio ou meio vazio, mas de enxergar a realidade.

Não há análise séria na grande mídia que ao menos debata as causas. Entre uma cepa e outra, diante da replicação de versões parciais e do medo patológico de manchetes negativas, as UTIs enchem e esvaziam sem que se chegue a uma alternativa sadia.

Temos visto que as mortes têm pesos diferentes: mesmo estando sempre entre as primeiras em letalidade, Viamão nunca foi manchete. Contudo, outras cidades – geralmente as mais ricas economicamente – ganham editoriais, capas de jornais e longos minutos na televisão.

Não existe “fair play” quando o assunto envolve dinheiro. Vale pro Brasil inteiro.

Viamão nunca baixou da média de 200 doentes em tratamento. E com tanta gente com o vírus ativo, circulando e contaminando outros, e com a Velha Capital aquém dos interesses financeiros, ficar brincando de somar serve a quem mesmo?

É utopia, para não caracterizar ingenuidade de minha parte, mas, ainda assim me despeço gritando: Não se faz jornalismo para agradar, o nome disso é publicidade. E se a grande mídia não cumpre seu papel, que as prefeituras e governo do Estado façam a parte que lhes cabe.

Esqueçam a propaganda e mirem no alerta à população. Marketing com recuperados nos tempos atuais soa como coautoria de homicídio.

Últimas Cristiano Abreu

Cidade
CEEE promete mutirão para remover fios irregulares na rede elétrica em Viamão - a terceirização da terceirização do serviço
Prepara o bolso
Abreu & Cast - 06 | Contra pedágio na ERS-118, movimento estampa rosto de Eduardo Leite em outdoors
Justiça estuprada
Caso Mariana Ferrer: Julgamento que pode reverter absolvição de acusado de estupro ocorre nesta quinta
Política
Abandonada por Bolsonaro após prisão, extremista Sara Giromini muda para Viamão - a cruz de ferro nazista tatuada no peito
Política
A semana das infelizes coincidências: o véio da Havan e as cidades sem prefeito
Não ao pedágio
A RS-118 vai ganhar obras - mas ’adivinhem’: no trecho de Gravataí
Política
Guto Lopes entrega carta de desfiliação ao PDT - o ’novo’ partido já está escolhido
Viamão, 280 anos
A Velha Capital e suas velhas roupas – Oração ao Tempo
Prepara o bolso
RS-118: Bonatto recebe movimento contra o pedágio; O ’sincericídio’ e o ’não sai na foto’ - Entenda
Opinião
Um ano sem Russinho: Impressões tardias
#PodcastdoDV
Abreu & Cast | Viamão antecipa segunda dose da vacina contra a COVID-19 e convoca a população aos postos de Saúde
Economia
Bonatto prepara pacote de incentivo econômico para Viamão
Prepara o bolso!
Audiência na Câmara tenta mobilizar Viamão contra o pedágio de Eduardo Leite na RS-118
Prepara o bolso!
Abreu&Cast - EP 04: Vereadores, entidades e população unidos contra o pedágio na RS-118
Política
A correnteza que pode tirar Guto Lopes do PDT - As lições de Heráclito sobre o rio pantanoso chamado política viamonense
Debate
30 SEGUNDOS | Diário de Viamão estreia novo programa no YouTube. O polêmico pedágio na RS-118 é o assunto em debate
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 03 | Ex-vereador Guto Lopes comenta a implantação de pedágio na RS-118
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 02 | Cristiano Abreu comenta o esquema de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Polícia investiga atuação de organização criminosa em desvio de vacinas contra a COVID-19 e de medicamentos do SUS em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Dois servidores da Prefeitura são presos por suspeita de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS