Sabado, 16 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Opinião

IMAGEM: PMV/Divulgação - arquivo/DV

Um ano sem Russinho: Impressões tardias

Publicada em 30/07/2021 às 00h| Atualizada em 16/08/2021 às 11h14

Não conhecia a pessoa Valdir Jorge Elias. O que sabia enquanto jornalista, pelo distanciamento que exige a profissão, levava em conta apenas a trajetória política. Mas é inegável que Russinho era, e segue sendo, maior que as urnas.

Natural, portanto, a inesgotável curiosidade e o emaranhado de teses sobre sua morte. Mas creio que o desenrolar entre o dia em que assumiu como prefeito em exercício e o que perdeu a vida para a pandemia pouco importa agora. Todos os ângulos da pessoa pública foram abordados, resta o olhar mais importante: para o ser humano.

Russinho vinha sendo cobrado duramente pela postura diante da pandemia. Sua Administração se portou de forma passiva enquanto os casos e mortes pelo Coronavírus cresciam em Viamão. E esse fato dominou o debate à época.

É unânime entre os que conheciam bem o Valdir: como candidato, como vereador, como morador das Augustas, como pai, como avô, como amigo... ele sempre se saiu bem. No entanto, a certeza some na hora de descrever o prefeito em exercício.

Dormiu vice, acordou prefeito, encurralado por adversários políticos, pelo Ministério Público e pela liturgia do cargo. Russinho não teve tempo para entender o que acontecia ao seu redor.
E tempo é coisa que não volta.

Cobrindo o dia a dia do Gabinete para o DV, fiz muitas críticas ao prefeito Russinho, mas foram os atos administrativos que sempre estiveram em análise. E o histórico de decisões equivocadas preocupava, inclusive quando sua hospitalização se tornou pública.

Hoje acredito que o Russo prefeito era apenas um reflexo da continuidade do poder. Saiu André Pacheco, entrou o Valdir Jorge Elias, contudo, os agentes por trás de quem detinha a caneta seguiram os mesmos.
Por essas coisas da vida, Russinho estava no lugar errado na hora errada.

Seja enquanto profissional, cidadão ou pessoa, a morte de um prefeito marca. É daqueles fatos históricos inesquecíveis. Senna, 11 de Setembro, a queda do avião da Chapecoense... não é preciso puxar muito pela memória para recordarmos onde estávamos e o que fazíamos no momento em que presenciamos ou ficamos sabendo.

A falta de notícias oficiais confiáveis e as informações desencontradas da véspera colocaram o DV em alerta. Fizemos plantão na noite do dia 21 e começamos cedo a apuração no dia 22. Hora a hora, os relatos sobre a madrugada e a piora do estado de saúde de Russinho aumentavam a sensação de que o pior se aproximava.

Ao contrário do que pensam os haters de plantão, jornalista não gosta de dar notícia ruim, mas ele também não escolhe o que vai reportar à sua audiência. Assim, contar para a sofrida comunidade de Viamão que o prefeito em Exercício estava morto, e que essa morte era resultado de uma crise de saúde inédita, teve gosto amargo. Saber antes da família e esperar pela confirmação oficial – sobretudo por respeito à dor humana – é angustiante, nos faz viver parte daquele drama.

O luto coletivo simbolizado por uma faixa preta na porta do Gabinete, o caminhão dos Bombeiros com sirene aberta levando o caixão envolto na bandeira do município e os aplausos são ritos, símbolos que reverenciam o cargo, não a pessoa. Entre homenagens e preocupações com o futuro da Prefeitura, quantos além da família lembraram do homem naquele esquife?

Foi observando o cortejo pelas ruas do mesmo Centro em que Russinho não conseguia caminhar sem parar para cumprimentar os amigos é que me aproximei da pessoa. Repito, conhecia apenas a trajetória política daquela pequena e carismática figura, porém entendo que erros e acertos jazem sob o túmulo.

Que fiquem para a história os bons momentos.

 

IMAGEM: Arquivo da família

 

Leia também

Série de reportagens relembra vida, trajetória política e morte do prefeito de Viamão levado

pela COVID-19

Um ano sem Russinho | O início da queda – os elos se fecham

Um ano sem Russinho | Dor e conspiração

 

Recorde

Carreata nesta tarde marcará despedida de Russinho

Prefeito Russinho morre vítima da COVID-19

Prefeitura divulga boletim médico sobre prefeito Russinho; Secretário da Saúde faz teste e está em isolamento

Prefeito Russinho testa positivo para a COVID-19 e está hospitalizado; Caso inspira cuidados, diz secretário

Viamão se aproxima dos 300 casos de COVID-19; Em semana com oito mortes, teve oração no gabinete do Russinho, mas não foi pelas vítimas da doença

Últimas Cristiano Abreu

Cidade
CEEE promete mutirão para remover fios irregulares na rede elétrica em Viamão - a terceirização da terceirização do serviço
Prepara o bolso
Abreu & Cast - 06 | Contra pedágio na ERS-118, movimento estampa rosto de Eduardo Leite em outdoors
Justiça estuprada
Caso Mariana Ferrer: Julgamento que pode reverter absolvição de acusado de estupro ocorre nesta quinta
Política
Abandonada por Bolsonaro após prisão, extremista Sara Giromini muda para Viamão - a cruz de ferro nazista tatuada no peito
Política
A semana das infelizes coincidências: o véio da Havan e as cidades sem prefeito
Não ao pedágio
A RS-118 vai ganhar obras - mas ’adivinhem’: no trecho de Gravataí
Política
Guto Lopes entrega carta de desfiliação ao PDT - o ’novo’ partido já está escolhido
Viamão, 280 anos
A Velha Capital e suas velhas roupas – Oração ao Tempo
Prepara o bolso
RS-118: Bonatto recebe movimento contra o pedágio; O ’sincericídio’ e o ’não sai na foto’ - Entenda
Opinião
Um ano sem Russinho: Impressões tardias
#PodcastdoDV
Abreu & Cast | Viamão antecipa segunda dose da vacina contra a COVID-19 e convoca a população aos postos de Saúde
Economia
Bonatto prepara pacote de incentivo econômico para Viamão
Prepara o bolso!
Audiência na Câmara tenta mobilizar Viamão contra o pedágio de Eduardo Leite na RS-118
Prepara o bolso!
Abreu&Cast - EP 04: Vereadores, entidades e população unidos contra o pedágio na RS-118
Política
A correnteza que pode tirar Guto Lopes do PDT - As lições de Heráclito sobre o rio pantanoso chamado política viamonense
Debate
30 SEGUNDOS | Diário de Viamão estreia novo programa no YouTube. O polêmico pedágio na RS-118 é o assunto em debate
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 03 | Ex-vereador Guto Lopes comenta a implantação de pedágio na RS-118
#PodcastdoDV
Abreu & Cast - EP 02 | Cristiano Abreu comenta o esquema de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Polícia investiga atuação de organização criminosa em desvio de vacinas contra a COVID-19 e de medicamentos do SUS em Viamão
Operação Galeno | Crise do Coronavírus
Dois servidores da Prefeitura são presos por suspeita de desvio de vacinas contra a COVID-19 em Viamão

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS