Sexta-feira, 17 de SETEMBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crise do coronavírus

O jeitinho de Leite: Viamão volta à bandeira vermelha; O Ministério da Verdade decreta a Mentira

Publicada em 27/04/2021 às 00h| Atualizada em 27/04/2021 às 20h43

Era um dia frio e luminoso de abril, e os relógios marcavam 13 horas.

A abertura de “1984”, de George Orwell, poderia incluir o Rio Grande do Sul junto a Oceânia, Eurásia e Lestásia, no mundo distópico do romance que está entre os mais citados do século 20.

Na tarde desta terça de abril, o liberal Eduardo Leite (PSDB) vai usar de novilíngua para transformar a bandeira preta em vermelha para sambar na cara da Justiça e permitir a volta às aulas presenciais.

O governador tomou a decisão após 'reunião de emergência', por videoconferência, com o presidente da Assembleia, Gabriel Souza, o presidente da Famurs, Maneco Hassen, e o prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo.

Antecipei o início do fim do Distanciamento Controlado, sexta e sábado, em Leite vai brincar de colorir mapinha? Viamão e o resto da Grande Porto Alegre querem bandeira vermelha por decreto.

Fato é que hoje será comunicado que todos os municípios gaúchos estarão em bandeira vermelha apenas três dias(!) após o mesmo governador anunciar a 51ª semana em bandeira preta, de altíssimo risco de contágio pela COVID-19 – e sem que indicadores recomendem o que será um ‘liberou geral’, já que prefeituras em cogestão, como as da Grande Porto Alegre, poderão aplicar regras da bandeira laranja.

Não esqueçamos de lembrar que laranja era a bandeira durante a eleição e o Carnaval, nos meses anteriores ao colapso na saúde de março, pior e mais letal mês da pandemia.

Domingo, o desembargador Antonio Vinicius Amaro da Silveira decidiu assim, ao manter liminarmente a suspensão das aulas, depois confirmada, na noite desta segunda-feira, por unanimidade pela 4ª Câmara do Tribunal de Justiça gaúcho:

– Não há como transigir com a vida ou com a morte. Vivemos um período notadamente de exceção, equiparável a um estado de guerra diante de um número tão elevado de mortes, o que requer medidas excepcionais com o intuito de preservar bem maior, o que não significa ignorar a existência de danos colaterais inevitáveis. Lamentavelmente essa é a realidade.

Então, a guerra acabou, governador?

Sim, a partir desta tarde, e por um decreto que caberia no orwelliano Ministério da Verdade, aquele que promovia a Mentira; assim como, no duplipensamento criado pela novilígua, o Ministério da Paz, fazia a guerra; o Ministério do Amor, cuidava da tortura; e o Ministério da Pujança, da escassez de alimentos.

Ao fim, incluamos na novilíngua o jeitinho gaudério. É o que faz o governador, ao acabar com a credibilidade do Distanciamento Controlado, que foi pioneiro no Brasil e respeitado por especialistas pelos critérios técnico-sanitários e, hoje, mais parece aquele meme de rede social em que Eduardo Leite brinca de colorir mapinhas.

Últimas Rafael Martinelli

Política
Onde estarão os políticos de Viamão após fracasso do ’nem-nem’ deste domingo? O ’ex e o futuro presidiário’
Política
A foto P&B do golpe: caminhoneiros protestam em Viamão; O ’MST do bolsonarismo’
Política
Bolsonaro lembra ’Hitler de Luciana Gimenez’; Pop It de 7 de setembro é a ’Pornochanchada da Cervejaria’
Crise no transporte
Deputada da região mexe na polêmica do transporte coletivo; Sem risco, qualquer um pode ter empresa de ônibus
Crise no transporte
Estudo mostra ser irreversível subsídios como o concedido para a Empresa Viamão
Política
A Brigada Militar não será cúmplice de arruaças bolsonaristas dia 7; O Jim Jones de meio milhão de mortos
Política
Governador libera mais dinheiro antes de pedagiar ERS-118; O meio bilhão e o ’país do faturo’
Crise no transporte
Assim como Viamão, Cachoeirinha e Gravataí também bancaram indenização milionária para empresa de ônibus por perdas na pandemia; A institucionalização do subsídio
Crise no transporte
Do subsidio de hoje ao fim das gratuidades, até tarifa zero bancada pelo IPTU amanhã; O sincericídio e o caça-cliques
Crise do Coronavírus
Mesmo com novo aviso de risco, eventos liberados até 400 pessoas; A ’lei Vampeta’ em Viamão e na Grande Porto Alegre
Crise do coronavírus
Com a variante delta em Viamão e na vizinhança, região recebe aviso de risco, mas aumenta lotação de ônibus e escolas; Os Grandes Lances dos Piores Momentos
Tragédia
Secretária da Educação de Gravataí e marido são encontrados mortos em Gramado
Crise do Coronavírus
’Festa da Covid’: Estado adia liberação gradual de eventos até 20 mil pessoas em Viamão e Grande Porto Alegre
Crise do Coronavírus
Viamão e prefeitos da região querem liberar eventos até 20 mil pessoas; A ’festa da COVID-19’
Redes sociais
O massacre sobre a menina de 12 anos que desapareceu; Os ’criminosos de bem’ do Grande Tribunal das Redes Sociais
Política
De Viamão à Paulista, o bolsonarismo mostra seu tamanho; Suicídio, homicídio e um infeliz 8 de setembro
Política
Dia do orgulho | Vereador propõe Frente LGBTQIA+; Jesus está vendo placar da tolerância
Prepare o Bolso
Leite bateu o martelo: pedágio da RS-118 será em Gravataí; Viamão e Alvorada pagarão passagem sem arrecadar um Real sequer de imposto
Crise do Coronavírus
Viamão: ação busca indenização de prefeituras para comércios por perdas na pandemia; A ’teoria do príncipe negacionista’
Pedágios nas RS 118 e 040
Viamão cercada por pedágios: Lançada Frente contrária; O ’bode de Leite’ está na cancela
Paginas: [1] 2 3 Próxima »

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS