Quinta-feira, 21 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Saúde

Reunião da Granpal foi em Cachoeirinha | Foto MATEUS RAUGUST

Emergências podem fechar: prefeitos da Granpal ameaçam

Publicada em 20/08/2020 às 00h| Atualizada em 30/08/2021 às 10h55

A ‘loteria de toga’ será a saída para prefeitos da região que calculam perdas anuais de R$ 167 milhões com os novos critérios de distribuição de recursos do Governo do Estado para hospitais na Grande Porto Alegre. Há ameaça de fechamento de emergências, como Canoas, que é um desafogo para transferência de pacientes de 156 municípios, entre eles Viamão.

A decisão de buscar a justiça caso o governador Eduardo Leite (PSDB) não reveja o programa Assistir foi anunciada após reunião da Associação de Municípios da Grande Porto Alegre (Granpal) que teve o prefeito de Cachoeirinha Miki Breier (PSB) como anfitrião.

Viamão não compareceu. O município pode perder R$ 2,5 milhões para o hospital com o programa Assistir.

A diretora do Departamento de Gestão da Atenção Especializada da Secretaria Estadual da Saúde (SES) defendeu em GZH que as novas regras dão mais transparência e justiça para a divisão do bolo de dinheiro que vai para os hospitais.

Lisiane Fagundes explicou que, até agora, metade dos cerca de R$ 800 milhões anuais disponíveis para auxiliar os hospitais era distribuída sem regras ou contrapartidas específicas. Ou seja, não era necessário comprovar a aplicação da verba em um determinado volume de atendimentos ou procedimentos.

– Tínhamos hospitais de portes semelhantes, por exemplo, em que um recebia R$ 9 milhões, e o outro, R$ 57 milhões anuais sem justificativa para um recurso dessa monta não estar vinculado à prestação de serviço – apontou à reportagem.

A diretora explicou ao site que pelas novas regras, é criada uma fórmula de cálculo para repartir os recursos conforme o tipo e o volume de serviços oferecidos por cada hospital. Pelo novo cálculo, o dinheiro é repartido conforme a importância e a complexidade da assistência médica prestada, e indicadores como capacidade de atendimento e número de leitos.

– Canoas e Esteio ameaçam fechar emergências e os pacientes teriam todos que procurar a rede de Porto Alegre. Nossos municípios não estão sendo ouvidos pelo Estado na formulação dos projetos, mas são justamente os que mais sentem seus impactos. Não se trata de desconsiderar méritos nas ações, mas precisamos discutir em conjunto suas implantações – explicou o presidente da Granpal e prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo, na reunião que também definiu por unanimidade mobilização dos prefeitos para que o governador retire o pedido de urgência do projeto que trata da regionalização do saneamento (e pode chegar na privatização da Corsan) e tranca a pauta da Assembleia Legislativa dia 26.

Os 19 municípios que compõem a Granpal representam 36,78% da população do Estado. Somados, os PIBs dessas cidades somam 32,94% da riqueza do Rio Grande do Sul.

Últimas Rafael Martinelli

Crise do coronavírus
Prefeito, não ouça negacionistas: apresente o ’passaporte vacinal’ em Viamão; A vida não tem partido
Política
Parecido com Viamão: prefeito de cidade vizinha é afastado, e chefe do MP fala em mesada e malas de dinheiro
Crise do transporte
’SUS dos ônibus’: prefeitos apelam a Leite e Bolsonaro por socorro ao transporte coletivo; Hoje reféns, e amanhã?
Crise do coronavírus
Viamão diz ’não’ para o negacionismo homicida; A fumaça, a ex, o caçula e o assassínio curandeiro na Prevent Senior
História
Até quando vamos endeusar a revolução farroupilha?
Política
Onde estarão os políticos de Viamão após fracasso do ’nem-nem’ deste domingo? O ’ex e o futuro presidiário’
Ônibus
Crise no transporte: Bonatto e prefeitos querem fundo estadual para subsidiar a Viamão e empresas de ônibus da da Grande Porto Alegre; Na União, Bolsonaro vetou
Política
A foto P&B do golpe: caminhoneiros protestam em Viamão; O ’MST do bolsonarismo’
Política
Bolsonaro lembra ’Hitler de Luciana Gimenez’; Pop It de 7 de setembro é a ’Pornochanchada da Cervejaria’
Crise no transporte
Deputada da região mexe na polêmica do transporte coletivo; Sem risco, qualquer um pode ter empresa de ônibus
Crise no transporte
Estudo mostra ser irreversível subsídios como o concedido para a Empresa Viamão
Política
A Brigada Militar não será cúmplice de arruaças bolsonaristas dia 7; O Jim Jones de meio milhão de mortos
Política
Governador libera mais dinheiro antes de pedagiar ERS-118; O meio bilhão e o ’país do faturo’
Crise no transporte
Assim como Viamão, Cachoeirinha e Gravataí também bancaram indenização milionária para empresa de ônibus por perdas na pandemia; A institucionalização do subsídio
Crise no transporte
Do subsidio de hoje ao fim das gratuidades, até tarifa zero bancada pelo IPTU amanhã; O sincericídio e o caça-cliques
Crise do Coronavírus
Mesmo com novo aviso de risco, eventos liberados até 400 pessoas; A ’lei Vampeta’ em Viamão e na Grande Porto Alegre
Crise do coronavírus
Com a variante delta em Viamão e na vizinhança, região recebe aviso de risco, mas aumenta lotação de ônibus e escolas; Os Grandes Lances dos Piores Momentos
Tragédia
Secretária da Educação de Gravataí e marido são encontrados mortos em Gramado
Crise do Coronavírus
’Festa da Covid’: Estado adia liberação gradual de eventos até 20 mil pessoas em Viamão e Grande Porto Alegre
Crise do Coronavírus
Viamão e prefeitos da região querem liberar eventos até 20 mil pessoas; A ’festa da COVID-19’

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS