Quinta-feira, 21 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Crônica

O mundo de Alice | Incertezas: pensamentos inerentes ao período pandêmico

Publicada em 19/04/2021 às 00h| Atualizada em 17/05/2021 às 22h01

Segunda-feira é pior, o sentimento aflora. Vivendo com uma incerteza constante a respeito de todas as coisas, é assim que estou, é assim que estamos. Sem saber para onde ir, nem o que me espera lá na frente, refém da própria sorte. Não deixar de ver beleza na instabilidade, é o que eu penso, é o que dizem, é o que queremos.

Por vezes, é extremamente difícil resistir ao marasmo, insatisfações e medos que provém de um momento tão caótico. Caos nas ruas, nas pessoas, nas nossas casas e dentro de nós. Pergunto-me se um banho de mar resolveria nossa angustia diária, pergunto-me se o Sol vai me curar, se a Lua vai brilhar diferente amanhã ou depois. Penso nos dias que estão por vir e não sei o que sinto, curiosidade ou indiferença.

Se estou feliz, me culpo pela felicidade. Se estou triste, me culpo pela tristeza. E não estamos todos no mesmo barco? Confusos e com o olhar distante, procurando motivos belos para continuar. Peixinhos que estão nadando contra a correnteza, pássaros tentando encontrar paz dentro da gaiola. E eu existo e estou aqui, perseverando e amando quem me ama, todos os dias. Esperando alguma intervenção divina, e ela não chega nunca. Enquanto isso, faço mais um chá e tento ler outro livro, de ficção se for possível, a realidade que me chega está cansativa demais.

Com carinho e um pouco de esperança, Alice.

Últimas O mundo de Alice

Crônica
O mundo de Alice | Sozinha e em silêncio
Crônica
O mundo de Alice | Para o meu amor: uma construção diária
Crônica
O mundo de Alice | Esteja disposta a mudar de rota
Crônica
O mundo de Alice | Mulheres são múltiplas: para além do papel de esposa, namorada e mãe
Crônica
O mundo de Alice | Processos: quanto tempo leva até fazer sentido?
Crônica
O mundo de Alice | Não quero mais me desculpar, não posso mais me desculpar
Crônica
O mundo de Alice | Arte: uma religião escondida nas cores?
Crônica
O mundo de Alice | Uma decisão: me escolher todos os dias
Crônica
O mundo de Alice | Uma carta de amor para alguém que merece ser amada
Crônica
O mundo de Alice | Literatura: para que serve e por que devemos ler?
Crônica
O mundo de Alice | Autocobrança: você dá o seu ’melhor’?
Crônica
O mundo de Alice | O espelho e eu: minha própria companhia
Crônica
O mundo de Alice | Sentimentos que te atravessam: a difícil missão de se concentrar no agora
Crônica
O mundo de Alice: Viamão e a arte: olhos voltados para fora jamais enxergarão a beleza lá de dentro
Crônica
O mundo de Alice | Viamão & meio ambiente: bituca de cigarro não é semente, papel de bala não vira flor
Crônica
O mundo de Alice | Conversa de bar - Realização pessoal: o que significa realizar-se na vida, para você?
Crônica
O mundo de Alice | Escolhas: um olhar profundo para nossas verdadeiras intenções
Crônica
O mundo de Alice | Solitude - o bendito fruto de nós mesmos
Crônica
O mundo de Alice | Saia dos trilhos, para que possa retornar a si ainda melhor
Crônica
O mundo de Alice | Caixa secreta: nós mesmos, nossos desejos e anseios
Paginas: [1] 2 Próxima »

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS