Quinta-feira, 21 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Transporte

Suspensa greve de ônibus intermunicipais que começaria segunda em Viamão e outras seis cidades da região

por Redação | Publicada em 06/08/2021 às 00h| Atualizada em 12/08/2021 às 15h25

Após reunião com o Governo do Estado motoristas e cobradores do transporte metropolitano concordaram em suspender a greve que começaria na segunda-feira (9) deixando a população de Viamão, Alvorada e de outras cinco cidades da Grande Porto Alegre sem ônibus. O Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários Intermunicipais, de Turismo e de Fretamento da Região Metropolitana (Sindimetropolitano) tinha anunciado greve por tempo indeterminado.

A paralisação, que começaria à meia-noite de segunda, ocorreria de forma conjunta e impactará nas linhas da Velha Capital e Alvorada, Cachoeirinha, Canoas, Glórinha, Gravataí e Nova Santa Rita.

Segundo comunicado divulgado pela entidade, além de protestar contra o número excessivo de demissões, a categoria reivindica o pagamento integral de vale-alimentação, um terço das férias - que deveria ter sido pago em 30 de julho - e reajuste salarial.

O consórcio dos municípios da Região Metropolitana de Porto Alegre (Granpal) tinha manifestado preocupação com a greve. Em nota, a associação afirmou que "nos últimos anos, o setor do transporte de passageiros vive uma grave crise, que se agravou com a pandemia. A busca de solução passa pelas prefeituras, pelos governos estaduais e pelo governo federal. O tema deve ser enfrentado no curto prazo para o transporte metropolitano não parar. A médio prazo, o sistema deve ser repactuado com os operadores e, para o futuro, ser desenhado um novo sistema”.

A Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos de Passageiros (ATM) e o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do RS (Setergs), que representam as empresas Viamão e Sogil, também tinham se manifestado por nota alertando que "a eventual paralisação irá gerar impactos relevantes às pessoas que utilizam esse serviço essencial, num momento em que a economia dá sinais de recuperação”.

Após a suspensão da greve a ATM divulgou outra nota. Siga na íntegra.

"...

1) A Associação dos Transportadores Intermunicipais Metropolitanos de Passageiros (ATM) e o Sindicato das Empresas de Transportes Rodoviários do Estado do RS (SETERGS) cumprimenta o Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Rodoviários Intermunicipais, de Turismo e Fretamento da Região Metropolitana (SindiMetropolitano) pela decisão de suspender o movimento de greve previsto para a próxima semana.

2) Sob a liderança da da Secretaria de Articulação e Apoio aos Municípios, o grupo de trabalho emergencial, criado em reunião com o Governo do Estado nesta sexta-feira (6), deverá ajudar a encontrar alternativas ao grave desequilíbrio econômico-financeiro.

3) O transporte público de passageiros vem sofrendo queda gradual de demanda há alguns anos. O fato se agravou com a pandemia e com as limitações da capacidade de transporte dos ônibus impostas pelos decretos. Apesar disso, as empresas vêm cumprindo rigorosamente seus compromissos com a classe trabalhadora.

4) Desde o início do ano, os operadores do sistema metropolitano vêm buscando alternativas junto ao Governo do Estado para que se construa uma solução equilibrada, que garanta a manutenção de um serviço essencial para milhares de pessoas, bem como a preservação das atividades dos colaboradores das empresas.
..."

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS