Sabado, 16 de OUTUBRO de 2021

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Seu bolso

Prefeitura concederá remissão e isenção de tributos e taxas relativos ao serviço de transporte escolar em Viamão

por Redação - com assessoria | Publicada em 23/08/2021 às 00h| Atualizada em 30/08/2021 às 11h02

Foi sancionada a lei 5061/2021, de autoria do Poder Executivo, que concede remissão e isenção de tributos e taxas relativos ao serviço de transporte escolar, no exercício de 2021, em Viamão. O projeto de lei 71/2021, que originou a referida lei, foi aprovado no último dia 22, na Câmara Municipal de Viamão – CMV.

O prefeito Valdir Bonatto (PSDB) expõe que um dos segmentos mais afetados economicamente pela pandemia da Covid-19 foi o do transporte escolar, em virtude da paralisação das aulas presenciais em todos os níveis.

- Esses serviços foram paralisados no ano de 2020 e não retomaram na sua integralidade no ano de 2021, alterando, portanto, a receita - fala o prefeito.

 

REMISSÃO E ISENÇÃO

 

A lei prevê remissão e isenção referente aos pagamentos de tributos de Serviços de Transporte prestados por pessoa física, por mês, para transporte escolar e serviços prestados por pessoas jurídicas, sujeitos a valor fixo por mês, para transporte escolar, por veículo. Além disso, a remissão e isenção refere-se à taxa da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, assim como à Secretaria de Transportes e Manutenção de Frota.

 

VISTORIA

 

Conforme a lei, a remissão e isenção de impostos não afastam a necessidade de se proceder à vistoria dos veículos. Os autorizados ficam isentos, no exercício 2021, da taxa de vistoria veicular. Além disso, o Poder Executivo poderá contratar o serviço de inspeção veicular, no total de 113, considerando o número de Permissionários de Transporte Escolar, a fim de regularizar o serviço.

O presidente da CMV, Luís Armando Azambuja – PSDB afirma que o cenário social e econômico imposto em decorrência da emergência sanitária causada pela pandemia do novo coronavírus exige do Poder Público, além de medidas de saúde pública, uma adequação em sua política fiscal que seja coerente ao cenário atual. “Diante disso, devem ser tomadas decisões que possam diminuir ou tornar flexível os efeitos nefastos da pandemia, mediante atitudes que possam minimizar a severidade da crise econômica”, diz o presidente.

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS