Quinta-feira, 29 de OUTUBRO de 2020

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook

Saúde

Atividade estilizada, realizada pelo projeto em 2019 | Foto: divulgação

Projeto social traz a musicoterapia para pacientes autistas de Viamão

por Cristiano Abreu | Publicada em 11/06/2020 às 00h| Atualizada em 19/06/2020 às 11h38

Música é uma combinação harmoniosa de sons, capaz de contar histórias, de expressar conhecimentos, ideias e emoções. Acalma, inspira e tem presença ampla na vida humana.

Pensando nesse potencial, profissionais da Saúde usam com cada vez mais frequência essa arte no tratamento de pacientes. É o caminho adotado pelo projeto Uma Sinfonia Diferente RS, que faz da musicoterapia um canal de comunicação para pacientes com autismo, e que terá a primeira edição realizada em Viamão.

A partir desta sexta-feira (12), dez jovens entre 5 e 16 anos serão beneficiados. Todos são ligados à Associação Amigos dos Autistas de Viamão (AMAV), parceira da iniciativa no município.

O projeto é formado por um tripé composto pela área médica, com a neurociência, pela área terapêutica, com a psicologia, e pela parte musical, que tem a teoria da música e a prática. A coordenadora e musicoterapeuta Grazi Pires, responsável pelo Sinfonia, conta que através da música os pacientes trabalham a comunicação, a linguagem e a interação social.

– A musicoterapia é complementar, trabalha várias áreas. Hoje neurologistas indicam porque com a música, o autista consegue se expressar melhor. É um canal que a gente abre para a comunicação – explica Grazi.

Para a presidente da AMAV, Jociane Costa dos Santos, o projeto é uma oportunidade para o paciente autista vivenciar novas experiências através dos sons e dos instrumentos, reduzindo ansiedade e descobrindo novas habilidades.

– Temos a certeza de que será um projeto transformador na vida de todos, sempre respeitando as características e o tempo de cada um – completa Jociane.

 

Como funciona


O Programa tem duração de seis meses, com sessões de musicoterapia realizadas uma vez
por semana. Por conta da pandemia de coronavírus, as atividades serão realizadas exclusivamente online. Os preparativos as sessões, como reuniões de planejamento, capacitação e formação dos voluntários, testes de ferramentas e aplicativos para os encontros também aconteceram à distância.

- Buscamos trabalhar nestes meses numa perspectiva de redução de ansiedade. Então os pais, e toda a família da criança participante, estão convidados a participar das sessões on-line. Visto que toda a família vem sendo afetada pelo isolamento social - detalha Grazi.

O Sinfonia Diferente se destaca pelo processo e por reunir em grupos jovens e crianças com autismo, culminando numa sessão pública de encerramento com todos os participantes reunidos. Um momento mágico para uma plateia formada pelos pais, familiares e amigos dos participantes.

 

Como surgiu

 

Uma Sinfonia Diferente nasceu em Brasília no ano de 2015, pelas mãos da musicoterapeuta Ana Carolina Steinkpof. No ano passado, a Grazi trouxe para o Rio Grande do Sul. Na primeira edição, foram beneficiadas 32 famílias de Novo Hamburgo.

Em 2020, são 40 pacientes entre 4 e 32 anos do Vale do Sinos atendidos. Participam 11 profissionais, entre terapia ocupacional, psicologia, fonoaudiologia, psiquiatria, fisioterapia, psicoterapia e música, todos atuando de forma voluntária.

A Grazi Pires conta que o projeto conta com doações de empresas, entidades assistenciais e com a colaboração simbólica de pais, para custeio de materiais.

- Hoje vivemos do voluntariado das equipes e do valor simbólico dos pais para manutenção. Buscamos apoio de empresas, então fica o convite para quem puder participar. Não é fácil, mas a gente faz com muito amor – completa.


 

Para contribuir:

 

Quem quiser ajudar o Uma Sinfonia Diferente RS, seja com trabalho voluntário ou doações, pode ligar para o fone (51) 99137-8522.

 

Acompanhe 

Siga Uma Sinfonia Diferente:
Instagram - @usdrs
Facebook - @sinfoniadiferenters
Clique para acessar o Sinfonia no Youtube 

Leia a reportagem do Diário de Viamão e conheça a AMAV

 

Cristiano Abreu

Redação, sugestão de pautas e redes sociais
51 9 9962 3023
[email protected]

Rafael Martinelli

Editor
[email protected]

Roberto Gomes

Diretor
[email protected]

Ao reproduzir uma de nossas matérias, é ético citar a fonte.
As opiniões assinadas são de responsabilidade de seus autores e não representam a posição do jornal.
Desenvolvido por i3Web.
2016 - Todos os direitos reservados.

Rua Osvaldo Aranha, 43 - Sala 5 - 94410-630 - Centro - Viamão - RS