Câmara realiza audiência pública para discutir os serviços prestados pela empresa de energia elétrica Equatorial CEEE para Viamão

Fotos: Priscila Muzykant

Na tarde desta terça-feira (22), na Câmara Municipal de Viamão – CMV, por iniciativa dos vereadores Alex Boscaini – PT e Eraldo Roggia – PTB, foi realizada Audiência Pública para discutir e avaliar a prestação de serviços para a cidade de Viamão pela empresa de fornecimento de energia elétrica Equatorial CEEE. O requerimento 16/2022 que propôs o evento, foi aprovado em sessão plenária na última terça-feira (15). 

A mesa foi composta pelo presidente da Câmara, Professor Igor Bernardes- PL, pelos vereadores proponentes, Alex Boscaini – PT e Eraldo Roggia – PTB. Os demais parlamentares da Casa Legislativa, estavam presentes para prestigiar a Audiência Pública.

Vereadores e comunidade presentes na Audiência Pública

O vereador Alex Boscaini manifestou-se sobre a empresa Equatorial CEEE, que não mandou representante nesta tarde, enfatizando a falta de comprometimento junto às comunidades que, em alguns casos,  passaram até 10 dias sem energia elétrica. 

“Essa sessão não deixa de ser menos importante por não ter ninguém da empresa Equatorial aqui, pelo contrário, é ainda mais importante. Essa Casa Legislativa tem cobrado a resposta que a comunidade exige de nós”, diz Alex. 

O vereador Eraldo Roggia – PTB falou das dificuldades da população viamonense para contatar a empresa no dia do temporal e após, os canais de comunicação disponibilizados pela Equatorial, foram ineficazes para fornecer resposta acerca do restabelecimento da energia. 

Eraldo Roggia – PTB

“O Governo do Estadual entregou a CEEE de bandeja para o Grupo Equatorial, eu mesmo no dia da chuva, não consegui contato com ninguém. É um descaso o que foi presenciado e passado por boa parte da população de Viamão e do estado do Rio Grande do Sul”, fala Eraldo. 

Após manifestações dos parlamentares, a comunidade externa pode utilizar o espaço acerca do assunto. 

Luiz Alberto Silva Salermo, o Betinho, comerciante, morador da região rural do Capão da Porteira, subiu à tribuna, relembrando o ano de 2017, onde, na ocasião, foi realizada audiência pública com a CEEE sobre os serviços prestados para a região rural, que à época ficou cerca de 12 dias sem energia, prejudicando a produção agrícola. 

“A gente teve prejuízo econômico, com certeza, mas a nossa preocupação maior são com as vidas, pessoas que dependem de aparelhos para a saúde, quem tem familiar doente, filhos que necessitam de alguma aparelhagem para viver, entendem a angústia que é”, explicou Salermo. 

Betinho | Comerciante da região rural de Viamão

A moradora do bairro São Tomé, Daniel Freitas é empresária do ramo da confeitaria, falou que em diversas ocasiões teve prejuízos em seu comércio por conta das inúmeras falhas no fornecimento de energia elétrica. 

“Sempre quando falta energia, tenho perda de 100% no meu estoque, que é perecível, é muito triste trabalhar e ter que passar por isso, é muito desesperador”, complementou Daniela. 

Daniela | Chefe de confeitaria fala dos prejuízos que já enfrentou

O vereador Eraldo Roggia deu encaminhamento ao jurídico da CMV e ao Ministério Público, pedindo a convocação da empresa Equatorial para prestar esclarecimentos sobre seus serviços. 

O vereador William Pereira – PTB, falou sobre a importância dos vereadores em causas que impactam a vida das pessoas.

“Nós somos o elo mais forte, somos nós que vivemos o dia a dia nas comunidades, nós somos a voz de cada comunidade. Hoje, nesta Casa Legislativa, precisamos deixar de lado as bandeiras políticas e buscarmos junto uma resposta para essas pessoas”, falou William. 

Presidente da CMV – Professor Igor Bernardes

O presidente da Câmara Municipal de Viamão, Professor Igor Bernardes – PL, utilizou seu espaço na tribuna, para falar acerca das privatizações e da importância do poder público em assumir seu papel de fiscalizador. 

“Por volta do dia 24 de janeiro de 2022, eu, meu vice, Luisinho do Espigão – PSDB e meu segundo secretário, Rodrigo Pox – PDT, recebemos o senhor Marcelo Paludo, Consultor Comercial da Ceee Equatorial, onde relatamos os problemas históricos da nossa cidade que se agravaram ao longo dos anos. É sabido que o poder público, em diversos momentos, não tem a capacidade de fazer a gestão, nítido isso, quando temos uma empresa, que ao longo dos tempos acumulou dívida milionária, ficando com dificuldades de adquirir novos equipamentos. Foi um lance simbólico, R $100 mil. A Equatorial, quando comprou a CEEE, absorveu junto um passivo de dívidas. 

O poder público é fiscalizador, não pode se isentar de assumir esse papel e ir para cima dessas empresas”, finalizou o chefe do legislativo. 

O líder do governo na Câmara Municipal de Viamão, Armando Azambuja – PSDB, utilizou seu espaço na tribuna para tratar do assunto. 

“Assisti com muita tristeza, a moradora Daniela falando da vontade de desistir do bairro onde mora, desistir do seu negócio. As pessoas tiveram que chamar a atenção dos órgãos públicos, fazendo barricadas ,incendiando pneus, para tentar uma resposta. Naquele momento, a população estava apavorada e, nós vereadores, de mãos atadas, sem saber a quem recorrer. Deixo aqui, mais uma vez, meu repúdio à Ceee Equatorial”, falou o vereador Armando. 

Armando Azambuja | Líder do governo na Câmara

Por fim, o vereador Alex Boscaini, após acordo de bancadas, anunciou que no dia 5 de abril, às 16h, será feita nova audiência, convocando a empresa Equatorial, e convidando o Ministério Público, o Governo do Estado, a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados do Rio Grande do Sul (AGERGS) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL). 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Compartilhe esta notícia:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Elon Musk e o lítio da Amazônia

Seu encontro com o “capitão” suscitou debates sobre reservas brasileiras do minério, essencial à indústria de microchips e baterias. Inexploradas, poderiam gerar riquezas e soberania tecnológica. Mas nada prosperará sob

Leia mais »

Receba nossa NewsLetter

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook