Por 13 a 5, Câmara libera controladores de velocidade

Votação do veto se arrastou por duas semanas na Câmara | Willian Dias, CMV

Câmara votou e manteve o veto do governo às emendas que mantinham viva a proibição de certos controladores de velocidade em Viamão

 

Como o Diário já havia previsto ontem, não teve chuva de canivete nem notícia do MP que impedisse a votação do veto que, no final das contas, libera os equipamentos controlares de velocidade em Viamão.

Por 13 votos a 5, a Câmara manteve o veto do governo às emendas aprovadas no final do ano passado ao projeto 147/2016, que revoga a lei 3.904 de 2002 – a famosa que proibia os equipamentos eletrônicos. As emendas de 2016 era, na verdade, um paliativo: permitiam pardais apenas em locais cuja velocidade seja de 60km/h e, nos demais, lombadas eletrônicas.

Com a manutenção do veto, o regramento que vale em Viamão é, no final das contas, o Código Brasileiro de Trânsito e as resoluções do Conselho Nacional de Trânsito, que o governo diz já seguir e terem força de lei.

Votaram contra o veto os vereadores da Oposição, Guto Lopes (PSol), Armando Azambuja (PT), Adão Pretto (PT), Rodrigo Pox (PDT) e vereador de centro, Guguzinho Streit (PTB).

Guguzinho havia votado favorável às emendas de 2016 e não viu motivos para rever a posição agora.

Pela manutenção do veto, votaram Francinei Bonatto (PSDB), Jessé Sangalli (PSDB), Paula Tavares – a Paulinha do Bebeto – (PSDB), Evandro Rodrigues (PSDB), Edi Bagé (PSDB), André Guiterrez (PP), Nadim Harfouche (PP), Sérgio Ângelo (PV), Igor Bernardes (PPS), Dilamar de Jesus (PSB), Márcio Katofa (PSB), Maninho Fauri (PSD) e Diego Santos (PSD).

Eraldo Roggia (PTB) e Joãozinho da Saúde (PMDB) não compareceram à votação. Belamar Pinheiro está em licença saúde.

Xandão Gomes (PRB), presidente da Câmara, só votaria em caso de empate. Ele chegou a dizer que sugeriu ao prefeito a retirada dos controladores de velocidade da avenida Liberdade, na Santa Isabel – o local onde a polêmica das multas tomou o maior vulto.

LEIA TAMBÉM

Promotora diz que abrirá ação contra multas

EM VÍDEO: Francinei e Jessé falam sobre tolerância em caetanos

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Compartilhe esta notícia:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa NewsLetter

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook