Equipes trabalham para recuperar estragos causados pelo temporal desta terça-feira; Veja imagens

Fotos cedidas por Viamão e Daí

O vento e a chuva forte que atingiram a Região Metropolitana na tarde desta terça-feira (2) causaram transtornos e prejuízos em Viamão. Há registros de destelhamentos, quedas de árvores, alagamentos, problemas no trânsito e desabastecimento de energia elétrica e de água. 

Conforme a Defesa Civil, as áreas mais atingidas são Tarumã, no entorno da RS-118, Estalagem, Passo do Vigário, Valença e Fiúza. Felizmente, nenhum registro até o momento de mortes ou feridos graves segundo os Bombeiros.

O telhado e a parede de uma marmoraria foram arrancados e o local foi totalmente destruído. Em entrevista ao site Gaúcha ZH, o dono do estabelecimento, Carlos Aguiar, destacou que ele e os funcionários trabalhavam no pavilhão no momento do incidente.

– Parecia um tufão, um ciclone. Graças a Deus que ninguém se machucou – disse o comerciante para Gaúcha ZH.

Marmoraria foi completamente destruída

 

Na Estalagem, além de alagamentos, uma agropecuária foi destelhada. Árvores arrancaram as telhas de instalações da ETA no Passo do Vigário. Na Jaguaribe, uma árvore tombou sobre casa. no Lomba Tarumã, o muro da Escola Estadual Célia Lavres Pinto foi derrubado por uma árvore.

Casa danificada na Jaguaribe

 

O trânsito é complicado na RS-118, RS-040. Os motoristas devem ter atenção redobrada para os acessos ao Krahe, Tarumã, Lisboa e Centro, diante da falta de energia elétrica e possibilidade de obstáculos nas pistas. A Empresa Pública de Trânsito de Viamão (EPTV) auxilia a remoção de árvores e objetos sobre as vias.

João Vialle Dias com RS-118

 

Há relatos de falta de energia elétrica e problemas no abastecimento de água em diversos pontos de Viamão. Centro, Fiúza, Planalto, Cocão, São Cristóvão e Jardim Itapema seguem boa parte no escuro.

A Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) e a Companhia Estadual de Saneamento (Corsan) não divulgaram balanços até a publicação desta matéria. A Corsan informou que, por falta de energia elétrica, pode haver desabastecimento de água, que a CEEE trabalha nos consertos e que a normalização do serviço de água está previsto para o fim desta noite.

Defesa Civil e secretaria de Obras do município informam que concentram os esforços na região da Estalagem nesse fim de noite e início de madrugada, porém nenhum número foi divulgado até esta publicação. Não há informações sobre pessoas desalojadas até o momento.

 

Pela Região

 

Em Gravataí,o telhado da Farmácia Municipal foi levado pelo vento. Alvorada registrou queda de árvores na RS-118, com bloqueios parciais de trechos da rodovia. Apesar dos transtornos, não há informações sobre feridos.

 

Como pedir ajuda:

 

Defesa Civil

Fone 156 (Ligando de Viamão)

(51) 3476-3400

(51) 9971-84221

 

CEEE

Fone 08007212333, ou mande LUZ e o número da UC para 27307 (falta de luz).

 

Corsan

Acesse a seção “Situação do Abastecimento de Água” no app Corsan, no site www.corsan.com.br, ou ligue para 0800.646.6444.

 

VOCÊ REPÓRTER

Fez imagens do temporal? Enfrenta transtornos como alagamentos e prejuízos? Envie vídeos e fotos para o Diário de Viamão. Mande nome completo, bairro em que mora e descrição do problema para o Whats do DV: (51) 99962 3023. Mas não esqueça: celular sempre na horizontal.

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Compartilhe esta notícia:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa NewsLetter

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook