Estado confirma 15º caso de covid-19 em Viamão; Brasil bate recorde de mortes

A secretaria da Saúde do Estado divulgou na tarde desta sexta-feira (17) mais dois casos de covid-19 em Viamão – agora são 15 infecções pelo vírus desde o início da crise. Informações sobre idades, gênero e condições clínicas dos novos pacientes não foram liberadas à imprensa.

O número de casos positivos praticamente dobrou nos últimos dias. Entre 7 e 17 de abril, subiu de 8 para 15.

A Vigilância Epidemiológica do município coinfirma até esta sexta-feira 92 casos notificados como suspeitos, 70 deles já descartados. E sete pessoas aguardam resultados – todos trabalhadores da saúde. Até o momento não foram confirmados óbitos por covid-19 em Viamão.

 

São 831 casos no Rio Grande do Sul

 

O levantamento estadual totaliza 700 casos confirmados e 24 mortes em 93 municípios gaúchos pelo vírus até esta sexa-feira (17). Porto Alegre é a cidade gaúcha mais atingida, com 369 infeções e nove mortos.

 

Brasil bate novo recorde de mortes e casos em um dia

O Brasil bateu novo recorde de mortes em um dia, com 217, e chegou a 2.141 óbitos em razão de infecção pelo novo coronavírus (covid-19). Já os casos confirmados nas últimas 24 horas também foram recorde, com 3.257, contabilizando o total de 33.682.

A atualização foi divulgada há pouco pelo Ministério da Saúde na plataforma oficial do governo brasileiro que totaliza as estatísticas sobre o tema.

 

LEIA TAMBÉM

Viamão não precisa de um secretário da Saúde, e sim de um interventor, diz José Ricardo Agliardi, que pediu demissão antes mesmo de ser nomeado

Russinho encaminha aumento do próprio salário e Câmara quer barrar; O sujo falando do mal lavado

Funcionários sem receber, contrato vencido e repasses sob suspeita: o caos na Saúde de Viamão na mira do Ministério Público e da Câmara de Vereadores

O estudo que fez Estado prorrogar para o dia 30 abertura do comércio; Viamão teria 15 vezes mais casos

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Compartilhe esta notícia:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa NewsLetter

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook