Prefeito Nadim: ’Sobre CCs, correções estão sendo feitas, mas nada em lote; Sobre o funcionalismo, existe uma questão legal que precisa ser chancelada pelo Judiciário’

Nadim na foto oficial | Imagem: PMV

Confiante de que não será retirado da cadeira como da última vez, Nadim Harfouche (PSL) começa a fazer mudanças no Executivo. O prefeito em exercício de Viamão demitiu nesta segunda-feira (3) os secretários Adroaldo Luvizeto (PSB), de Obras, Luis Olavo Branchi de Moura (MDB), de Planejamento, e Márcia Roldão, da Educação. Também iniciou a exoneração de cargos em comissão (CCs) de DEM, PSB e MDB, aliança que deu sutentação a Evandro Rodrigues (DEM) na disputa pela Prefeitura.

Vale lembrar que Márcia Roldão era indicação do DEM e estava na pasta há menos de uma semana. Ela foi nomeada para substituir a irmã de Evandro, Simone Rodrigues.

Fontes indicaram, no início da tarde que as trocas atingirão cerca de 250 dos 450 CCs da Administração. Contudo, o prefeito Nadim conversou com a coluna no início da noite e afirmou que os números são diferentes. 

"Foram exonerados todos os secretários adjuntos e seus cargos permanecerão vagos. Correções estao sendo feitas mas nada em lote como anda circilando" resumiu o prefeito em exercício.

Segundo Nadim, a saída do DEM da base de governo formanda ainda por André Pacheco, oficializada nesta noite, explicará as próximas exonerações que venham a acontecer.

 

Reajuste

 

Durante a tarde circulou a informação de que o percentual, ordenado por Evandro no dia 28 de julho, não será mais concedido aos servidores municipais. O prefeito em exercício negou a revogação da reposição salaria dos 5%.

– Não há decreto e nem posicionamento oficial. Sobre o reajuste de 5% existe um questão legal que precisa ser chancelada pelo Poder Judiciário – garantiu. 

Essa novela é herança de Russinho, que aprovou, voltou atrás, revisou e tentou anular a concessão dos 5% prometidos. Entenda a bronca clicando aqui.

 

Briga pela cadeira continua

 

Dos três rounds até aqui, Nadim venceu dois, o último no sábado (1º). No domingo (2), os políticos trocaram palavras nada amistosas. O sempre bem informado professor Arruda trouxe, linha por linha, os "elogios" mútuos: "Nadim é demagogo e mentiroso", disse Evandro. "Não há tempo para estrelismos e autopromoção", rebateu Nadim. 

Ontem, Evandro ingressou com mandado de segurança  contra o vereador Eraldo Roggia (PTB), que assumiu a presidência da Câmara com a ida de Nadim para o Executivo. A tentativa é anular a mudança da mesa diretora – e retomar o controle da Prefeitura.

 

 

LEIA TAMBÉM

Os motivos que levaram o MP a pedir a manutenção do afastamento de André Pacheco

’Pré-sal’ da política viamonense tem mais um capítulo decisivo nesta quinta-feira; O gabinete está prestes a receber o terceiro prefeito em sete dias

Tem chumbo grosso chegando no bangue-bangue sem mocinho de Viamão

 

 

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Compartilhe esta notícia:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa News

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook