Conheça a UTI exclusiva para tratar pacientes da COVID-19 em Viamão

Imagens: André Flores | Instituto de Cardiologia

A pior semana desde o início da pandemia do coronavírus tem, ao menos, uma notícia boa. Os dez leitos de UTI para tratamento dos pacientes com a COVID-19 em Viamão entraram, finalmente, em funcionamento.

A demanda na casa de Saúde local é quase sempre elevada. Nesta sexta-feira (5), 14 dos 15 leitos da Unidade de Terapia Intensiva estavam ocupados, e se dois moradores de Viamão, com ou sem coronavírus, necessitassem ao mesmo tempo de internação em UTI pelo SUS, um deles teria que ser encaminhado para outro hospital da região. A partir de agora, o municípío respira um pouco mais aliviado. 

Os novos leitos foram montados em um espaço isolado dos demais. A distância física é parte da estratégia de atendimento aos pacientes suspeitos de infecção pelo vírus. Cada leito dispõe de monitores, ventiladores (respiradores) exclusivos e outros equipamentos como bombas de infusão para aplicação de medicação de uso contínuo via endovenosa (diretamente na veia). 

Quatro médicos e outros 20 profissionais de especialidades diversas foram contratados pelo hospital. Todos atuarão apenas no setor exclusivo aos pacientes COVID-19.

 

Saiba mais:

 

A ampliação de vagas foi viabilizada com recursos dos fundos Nacional e Estadual da Saúde, que cobrirão as despesas. O valor extra que o hospital receberá durante esse tempo para custear a estrutura é de R$ 1,44 milhão, o que corresponde à diária de R$ 1,6 mil por leito.

O planejamento inicial é manter a UTI COVID-19 por três meses, prazo que poderá ser prorrogado conforme necessidade.

 

Trabalho intenso:

 

Alguns números do combate ao corona no Hospital Viamão (dados até 4/6):

– 14 atendimentos na tenda de triagem nas últimas 24h;
– 14 casos suspeitos (aguardando resultado de exame);
– 112 casos negativos (desde 7/3);
– 12 casos confirmados (desde 7/3); 
– 2 óbitos (desde 7/3).

 

Dos casos confirmados:

– 3 tiveram alta;
– 7 atendimentos ambulatoriais;
– 2 óbitos.

 

Das internações:

– Nenhum suspeito e nenhum confirmado na UTI Adulta; 
– 3 suspeitos e nenhum confirmado na internação adulto;
– nenhum suspeito e nenhum confirmado na internação pediátrica.

 

Números de uma guerra:

 

Nesta sexta-feira, nove pacientes confirmados de COVID-19 estavam internados em Porto Alegre. Nos primeiros cinco dias de junho, duas mortes e 31 casos foram confirmados, Nos 31 dias do mês anterior, foram 35 casos

 

Em vídeo:

 

O diretor técnico do Hospital Viamão João Almir Camargo Jorge falou com exclusividade ao Diário de Viamão sobre a boa nova. Além de detalhar a estrutura, o médico exalta o papel do Sistema Único de Saúde no combate ao corona.

– Se nós não tivéssemos o SUS, sei lá eu como quantificar quantas pessoas a mais teriam morrido no Brasil – afirma.

Confira: 

 

 

 

 

LEIA TAMBÉM

Os 89 casos de Viamão ganham destaque na mídia estadual, mas a Prefeitura escolhe relaxar medidas de prevenção

Cecília concentra 20% das infecções por coronavírus. Veja a distribuição de pacientes por bairro

No dia em que Viamão registra a quinta morte por COVID-19, secretário da Saúde diz que ’quadro é razoável’

A médica Letícia Ikeda estava certa: a Páscoa chegou, e o Dia das Mães está a caminho

Participe de nossos canais e assine nossa NewsLetter

Compartilhe esta notícia:

Facebook
WhatsApp
Twitter
LinkedIn
Pinterest

Conteúdo relacionado

Receba nossa NewsLetter

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Facebook